9 dicas importantes sobre manutenção de motos

por
Compartilhe:
WhatsApp
Facebook
Twitter
Manter a motocicleta revisada aumenta a vida útil do veículo e diminui os ricos de falhas e acidentes por falta de manutenção.
manutencao de moto
Créditos: pixabay.com.br
 Basta abrir uma página de um site especializado em venda de veículos que é possível ver inúmeros anúncios de motos usadas para vender. A motocicleta está ganhando cada vez mais novos adeptos, por isso essa grande oferta.

Tanto pela agilidade quanto pela economia, muitos brasileiros estão adquirindo uma moto para fugir do transporte público e, também, do trânsito congestionado. No entanto, diante dessa gama de possibilidades de negócios, é preciso estar atento com as condições do veículo.

Nem todo motociclista tem o cuidado devido com a moto e, por isso, é preciso estar atento as condições do veículo antes de fechar qualquer negócio. Não se deixe levar pela facilidade de reposição das peças ou porque tende a ser mais barato que um carro. Comprar uma moto que não esteja em boas condições de uso, pode ser um grande prejuízo para o seu bolso.

Mas afinal, quais são os principais itens que precisam ser revisados em uma motocicleta para que ela se mantenha em boas condições de uso? Isso faz muita diferença no uso diário e também na hora da venda. Para te ajudar a deixar a sua moto sempre em dia, separamos 9 dicas importantes sobre manutenção. Vamos lá?

Dicas de Manutenção para Motos

 1. Cuidados com a bateria

Alguns dos modelos de motos à venda são mais antigos e ainda contam com baterias que precisam da reposição de água. É importante ficar atento ao tipo de bateria que está instalada em sua motocicleta, se ela não funcionar, você não consegue dar a partida e sair do lugar.

As novas motocicletas passaram por upgrade nesse quesito bateria. Os novos equipamentos não necessitam de manutenção, são selados e, em alguns casos, contam com um botão para informar o nível de carga. As mais simples também são lacradas e podem ter a potência verificada com o uso de um multímetro.

No caso das peças antigas, é preciso fazer a retirada da bateria da moto e completar o reservatório com água destilada. É importante ficar atento ao uso de água comum, ela aumenta a corrosão nos polos e diminui a vida útil da bateria.

Depois de realizar a manutenção é preciso fazer a limpeza dos polos e fechar as tampas para coloca-la novamente no local apropriado. É importante manter a bateria limpa para evitar a oxidação! 

2. Faça a lubrificação de cabos

Você já reparou a quantidade de cabos que uma motocicleta possui?  Pois é, eles também precisam de manutenção e cuidados. Não importa se são motos seminovas, novas ou muito antigas, é preciso lubrificar os cabos da embreagem, freio e do acelerador.

Isso deve ser feito junto com a regulagem, para evitar o rompimento desses cabos. Também é importante fazer essa manutenção nos cabos de vela, nesse local existe a possibilidade de oxidação e isso aumenta o consumo de combustível, além de causar panes. 

3. Fique de olho nas correntes

Na hora de fazer a manutenção da sua motocicleta, tomo cuidado com as correntes, elas não podem ficar folgadas, precisam do ajuste correto para o perfeito funcionamento. Limpe e lubrifique os dentes da corrente para evitar que eles se rompam ou criem focos de erosão.

Fique atento ao manual de instruções da sua motocicleta para fazer o ajuste correto da folga da corrente. Se ela estiver solta, pode causar acidentes. Fique de olho! 

4. Revise o filtro de ar

O filtro de ar tem um importante papel de filtrar impurezas e manter o motor da sua motocicleta limpo. Utilize os filtros removíveis para que você pode fazer a retirada e limpeza da peça, ou troque se for do modelo descartável.

Verifique no manual da sua moto qual o tipo de filtro utilizado. Em caso de lavagem, use água e detergente líquido neutro para fazer a limpeza. 

5. Não brinque com os freios

Os freios precisam de constante manutenção, os discos podem ser observados e possíveis desgastes são facilmente detectados. No caso dos freios a tambor, retire a peça e verifique o seu estado de conservação.

Os freios que usam lona no tambor costumam apresentar ruído ao longo da sua utilização. Regule sempre os freios e verifique o nível de desgaste, se estiver alto, faça a troca da peça. Freios a disco precisam da substituição do fluído a cada dois anos. 

6. Cuide com o óleo do motor

O óleo do motor tem função de lubrificação não somente do coração da sua motocicleta, quanto também do câmbio. Verifique no manual o tipo de óleo e a periodicidade de troca. Em caso de uso severo do veículo, é preciso ficar atento as condições do fluído e diminuir o tempo de troca para motocicleta não perder rendimento e performance, além de aumentar o consumo de combustível.

7. Fique atento aos pneus

Pneu careca é sinônimo de acidente, principalmente em dias chuvosos. Fique atento ao desgaste dos pneus e a calibragem. Se os sulcos estiverem menores e o pneu ficar murcho constantemente, é hora de fazer a troca. Lembre-se, não existe estepe na moto, se tiver algum problema você terá que empurrar até uma oficina mecânica. 

8. Confira a vela de ignição

Essa é a peça principal para promover a faísca da combustão para ligar a sua motocicleta. Se ela estiver desgastada o motor perde potência, aumenta o consumo de combustível e libera fumaça no cano de escape. Verifique os desgastes a cada 3 mil quilômetros e troque sempre que necessário! 

9. Não esqueça dos rolamentos

Faça a lubrificação dos rolamentos para evitar ruídos e para melhorar a dirigibilidade da sua moto. Sem óleo nos rolamentos a roda pode travar e isso pode ser a causa de um acidente. É simples, basta fazer a correta manutenção.

Gostou deste post com 9 dicas importantes sobre a manutenção de motos? Então compartilhe este texto com os seus amigos usando as suas redes sociais! Afinal, é sempre importante saber os cuidados essenciais com a motocicleta!

Veja também