Financiar Moto

Moto Alien - do cinema para as ruas!

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
Pensando em financiar uma moto? Que tal esta moto inspirada nos filmes Alien? Esse modelo bizarro e assustador foi criado em Bangkok, por um louco cidadão chamado Roongrojna Sangwongprisarn, e o mais interessante é que ela foi feita com metal reciclado!

moto alien
Moto Alien (Reuters)

moto alien
Moto Alien (Reuters)
Sabe aquele carro que fica buzinando, te espremendo, xingando motociclista o tempo todo? Então, esse modelinho aí deixaria esse tipo de gente calada de medo! Bem, resta saber se todo esse peso extra permite que a moto desenvolva uma velocidade legal, mas é até melhor não, imagina bater e esse monte de metal entrando no seu corpo? Mas mesmo assim seria demais ver a Sigourney Weaver dar uma voltinha nesse monstro!

Nosso amigo Roongrojna exporta as criações dele para o mundo todo, que tal financiar uma com ele? =)


FinanciarMoto.com.br, o melhor site para financiar uma moto zero!
Financiar Moto

Nova Ducati 1199 Panigale

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por

Ducati 1199
Primeiro modelo da Ducati 1199 Panigale (Itália)
Para aqueles que amam motos e velocidade, a Ducati é uma das marcas mais lendárias. Em janeiro de 2012, na Itália, celebrou o nascimento do primeiro modelo da nova Ducati 1199 Panigale. Até mesmo o Valentino Rossi (piloto) compareceu no evento.

Na imagem ao lado vemos o "batismo" da primeira moto a sair da linha de produção. Além de Rossi, que guiou a nova moto, compareceram ao evento Gabriele Del Torchio (presidente), Claudio Domenicali (diretor geral) e Silvano Fini (diretor da fábrica)

Ducati 1199A nova Ducati 1199 Panigale é a primeira moto de produção em escala a utilizar uma suspensão ajustável eletronicamente. É uma das motos mais leves da categoria superbike, e tem 195 cavalos, tornando-a uma das Ducatis mais rápidas de todos os tempos.

Os preços lá fora variam de $24.000 a $37.585, já aqui no Brasil ainda não há previsão de lançamento, muito menos preço. Com certeza será uma moto muito cara, e mesmo quem tem bastante grana vai ter que financiar essa belíssima moto. Acelera, Ducati!

FinanciarMoto.com.br, o melhor site para financiar uma moto zero!

Financiar Moto

Nova Dafra Smart 125 | Financiar Scooter

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
A nova Dafra Smart 125 é a escolha inteligente para quem quer transitar pelas grandes cidades. Essa mini moto (scooter) foi adaptada de acordo com o tamanho do brasileiro e do trânsito das metrópoles, e também serve muito bem em cidades pequenas com estradas de terra. Disponível nas cores preto, cinza, vinho e amarelo, a Dafra Smart 125 tem injeção eletrônica, transmissão automática CVT (Continuous Various Transmission), rodas de liga leve e freio dianteiro a disco.  A Dafra Smart 125 tem uma excelente altura em relação ao solo e ótimas dimensões, o que faz com que seja confortável tanto para pessoas altas como baixas. E o mais importante para quem visa a economia: essa moto faz até 35km com um litro de combustível, segundo o teste da revista 2 rodas

Dafra Smart 125
Nova Dafra Smart 125
Com um preço por volta de cinco mil reais, fica fácil financiar esta scooter. Se você não tem todo o dinheiro para comprar à vista e vai financiar, procure um financiamento com o menor valor possível com o prazo de pagamento mais curto para que você pague menos juros. Informe-se melhor na concessionária Dafra mais perto de sua casa e curta este novo lançamento, a nova Dafra Smart 125!  


Seu preço inicial é de R$ 5.190,00. E aí, pensando em financiar? É uma boa scooter para o trânsito!


Dimensões
  • Altura: 1.104 mm
  • Largura: 674 mm
  • Comprimento: 1.986 mm
  • Distância entre eixos: 1.240 mm
  • Altura mínima do solo: 110 mm
  • Altura do banco: 740 mm
  • Peso seco: 110 Kg
  • Peso em ordem de marcha: 115 kg

Motor
  • Tipo: 4 tempos, monocilíndrica, refrigeração a ar
  • Disposição do cilindro: horizontal
  • Diâmetro x Curso: 52,4 x 57,8 mm
  • Cilindrada: 124,6 cm³
  • Folga de válvulas
  • Admissão: 0,05 ~0,08 mm
  • Escape: 0,05 ~0,08 mm
  • Taxa de compressão: 9,4:1
  • Potência máxima: 10,3 CV a 8.000 rpm
  • Torque máximo: 9,6 N.m a 7.000 rpm
  • Sistema de injeção eletrônica: Mikuni
  • Combustível: gasolina
  • Rotação de marcha lenta: 1.700 +- 150 rpm
  • Sistema de partida: elétrica e a pedal
  • Filtro de ar: papel e poliuretano
  • Sistema de lubrificação: forçada por bomba trocoidal e banho de óleo

Chassi
    Nova Dafra Smart 125
  • Tipo: Monobloco
  • Suspensão dianteira
  • Tipo: telescópica
  • Suspensão traseira
  • Tipo: braço oscilante, mono-amortecida
  • Rodas: liga leve
  • Freio dianteiro
  • Tipo: disco
  • Acionamento: hidráulico
  • Freio traseiro
  • Tipo: expansão interna
  • Acionamento: mecânico, por cabo
  • Pneu dianteiro
  • Medida: 3,5 – 10
  • Calibragem
  • Apenas c/ condutor: 22 PSI
  • Carga máxima: 24 PSI
  • Pneu traseiro
  • Medida: 3,5 - 10
  • Calibragem
  • Apenas c/ condutor: 25 PSI
  • Carga máxima: 29 PSI
Transmissão
  • Embreagem: automática, centrífuga
Capacidade
  • Óleo de motor
  • Especificação: API SF ou SG, JASO MA, SAE 20W50
  • Qtd. Após drenagem: 750 ml
  • Qtd. Após desmontagem: 900 ml
  • Tanque de combustível
  • Total (c/ reserva): 6,9 litros
  • Reserva: Aprox. 1,9 litro
  • Suspensão dianteira
  • Especificação: ATF
  • Fluído de freio
  • Especificação: DOT 4 ou superior
Sistema elétrico
  • Sistema de ignição: indutivo (Incorporado à ECU)
  • Vela de ignição
  • Fabricante/modelo: NGK C7HSA
  • Folga dos eletrodos: 0,6 – 0,8 mm
  • Capacidade do fusível: 10 A
  • Bateria: 12 V – 8 Ah
  • Lâmpada do farol: 12 V – 35W/35W
  • Lâmpadas de seta: 12 V – 10 W
  • Lanterna traseira/luz de freio: 12 V – 5/21W
  • Lâmpada dos instrumentos: 12V – 2 W
  • Indicador de ponto morto: 12 V – 2 W
  • Indicador de farol alto: 12 V – 2 W
  • Indicador de luz de seta: 12 V – 2 W
 FinanciarMoto.com.br, o melhor site para financiar uma moto zero!
Financiar Moto

Nova Honda Bros 2012

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
ATENÇÃO! Veja a matéria sobre a NOVA BROS 2013 clicando aqui!

Para quem procura financiar uma moto com um visual mais bruto, a Nova Honda Bros 2012  ja está no mercado para iniciar suas vendas, o modelo conta com muitas novidades que vieram para ficar, assim como mantiveram as principais características tecnológicas do ano anterior. A Nova Bros NXR 150 2012 vêm com injeção eletrônica e o tão consagrado sistema flex, que nada mais é que a mistura de álcool/Gasolina ou um dos dois como combustível para sua nova moto Honda.

Bros 2012
Honda Bros 2012
A Bros 2012 conta com um design arrojado e bruto, com características de moto de trilha, estradas de chão e também para asfalto. Devido a sua engenharia, ela é uma das motos mais confortáveis do mercado, especialmente ao ser exigida em estradas com muitos buracos. O câmbio conta com 5 marchas e mais  neutro, com potência de 150 cilindradas e tanque de combustível com capacidade para 12 Litros, cabe bastante gasolina nele!

A nova Bros 2012 pode ser adquirida por preços diferentes dependendo da região em que você mora, mas como base a Honda disponibiliza um valor para as concessionárias. O preços bases são estes, mas podem variar de região para região:

NXR 150 Bros KS - R$ 7.890,00
NXR 150 Bros ES - R$ 8.290,00
NXR 150 Bros ESD - R$ 8.690,00 

Há várias opções de financiamento que ajudam e muito na hora de financiar. Pesquise e saia pilotando!

FinanciarMoto.com.br, o melhor site para financiar uma moto zero!
Financiar Moto

História da Honda Biz

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por

Se tem uma pequena moto que fez e ainda faz muito sucesso entre os jovens é a Honda Biz. O modelo é uma underbone produzida pela Honda desde 1998, criada com o objetivo de ser um meio de transporte prático para a locomoção urbana. Possui dois tipos de motorização, 100 cilindradas e 125 cilindradas.

Honda Biz
Honda Biz
Esta moto de motorização leve e embreagem semi-automática foi pensada inicialmente para atender os entregadores de jornal no Japão, pois poderiam pilotar apenas com uma mão, tendo como primeiro modelo a Dream de 100cc. Eu nunca vi entregador de jornal de Biz por aqui no Brasil, mas nunca se sabe...

Disponível nas versões Honda Biz KS (Kick Starter - Pedal de Partida), Honda Biz ES (Electric Starter - Partida Elétrica) e Honda Biz EX (Exclusive - antiga Biz +, sendo a versão Honda Biz EX, a mais completa das três versões. O modelo tem câmbio semi-automático e permite a posição "sentada", o que o faz extremamente fácil de pilotar. Este modelo traz o motor SOHC e o exclusivo Sistema Honda de Proteção.

Já são mais de 12 anos de inovação tecnológica, e abaixo você confere alguns itens da Biz (Versões KS, ES, EX):

  • Sistema Honda de proteção: shutter-key (bloqueador de acesso a ignição com chave sextavada e com codificação magnética), comb-lock (trava do guidão associada à ignição) e chave de ignição com mais combinações de segredos.
  • Sistema tuff-up: maior resistência ao esvaziamento do pneu traseiro.
  • Farol e piscas dianteiros com refletores multifocais e lentes transparentes.
  • Farol de acendimento automático ao ligar o motor.
  • Porta-capacete sob o assento.
  • Assento amplo, em dois níveis e basculante.
  • Painel com indicador do nível de combustível.
  • Escapamento com protetor.
  • Sistema PGM-FI (Injeção Eletrônica).
  • Sistema Flex (aceita Etanol (álcool) ou gasolina.
  • Rodas de Liga Leve (iten exclusivo da versão EX).
  • Marcador digital de combustível e hodômetro (intem exclusivo da versão EX).
  • Tanque de Combustível com capacidade de 5,5 litos.
  • Luz Espiã ALC.
  • Freio a disco na Roda Dianteira (inten exclusivo da versão EX).
  • Especificações Técnicas:
  • Motor: OHC, monocilíndrico, 4 tempos, arrefecido a ar
  • Cilindrada: 124,9cm³
  • Sistema de alimentação: Injeção eletrônica PGM-FI
  • Potência máxima: Gasolina/Etanol (Álcool): 9,1cv a 7.500rpm
  • Torque máximo: Gasolina/Etanol (Álcool): 1,01kgf.m a 3.500rpm
  • Transmissão: 4 velocidades
  • Sistema de partida: Pedal (KS) / Elétrica (ES/EX)
  • Capacidade do tanque: 5,5 litros
  • Tipo de chassi: Monobloco
  • Comprimento x largura x altura: 1.891 x 726 x 1.087mm
  • Pneu dianteiro: 60/100 – 17M/C 33L
  • Pneu traseiro: 80/100 – 14M/C 49L
  • Peso seco: 101kg (KS)/103kg (ES)/105kg (EX)
Honda Biz
Honda Biz - novas cores
Se você precisa de uma moto barata, econômica, pequena e bem leve, a Honda Biz é a moto ideal para você parcelar! Confira as dicas de financiamento aqui no site e seja feliz! 

FinanciarMoto.com.br, o melhor site para financiar uma moto zero!

Financiar Moto

História da CG 125 da Honda

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por

Para nós motociclistas, 1976 merece ser lembrado como o ano do nosso grito de independência das importações de motocicletas. Foi nesse ano que a Honda lançou a sua primeira motocicleta "made in Brazil", a Honda CG 125 “bolinha”, sucesso instantâneo de vendas, provavelmente por ser a única opção de motocicleta de 125 cc à venda no país. Antecipando-se à proibição de importações de motocicletas imposta pelo Decreto-lei nº 1.455, de sete de abril de 1976, Yamaha e Honda decidiram fabricar motocicletas no Brasil.

A primeira a instalar-se no Brasil foi a Yamaha, no ano de 1974, na cidade de Guarulhos-SP, tendo como seu primeiro produto nacional a RD 50. Incentivada pela iniciativa da Yamaha, a Honda também decidiu aportar em terras brasileiras, em 1976, beneficiando-se de incentivos fiscais oferecidos às empresas que instalassem fábricas na Zona Franca de Manaus, iniciando a fabricação da CG 125.

Apesar de a Yamaha ter sido a pioneira, talvez por não contar com os mesmos incentivos fiscais que a Honda tinha por estar em Manaus, lançou seu produto de forma acanhada, como se não acreditasse no imenso mercado que teria caso fosse mais agressiva e oferecesse produtos mais compatíveis com o anseio dos consumidores (somente em 1978 a Yamaha acordou e lançou a RX 125, mas era tarde demais, pois a Honda já tinha dominado o mercado.

A Honda, por sua vez teve a visão do potencial do seu produto e partiu logo para oferecer uma moto de 125 cc, que preenchesse o vazio deixado pelas importadas. O resultado não poderia ser outro além de encontrar um mercado sem concorrência e com espaço para toda a sua capacidade de produção.

CG 125 HistoriaAo invés de copiar o modelo CB 125 importado até então, a Honda decidiu criar um produto novo, mais adequado à realidade financeira do brasileiro, oferecendo acertadamente um produto que coubesse no nosso bolso. Lembro que na ocasião do seu lançamento houve alvoroço e muita festa, contavam-se os dias para que pudéssemos ver na vitrine a esperada 125 nacional. Até o Rei Pelé foi chamado para ser o garoto-propaganda da Honda.

Finalmente ela chegou e uma unidade foi exposta numa das vitrines de uma concessionária da minha cidade, onde todos pudessem conhecer a novidade. A procura foi tão grande que qualquer candidato a adquirir o novo modelo tinha que entrar em longas filas de espera e sujeitar-se ao ágio que concessionárias inescrupulosas passaram a cobrar dos mais apressados. Mas nada disso impediu o estrondoso sucesso da nova moto.

Já no ano seguinte ao seu lançamento a CG 125 era a líder, responsável por 80% das vendas de motocicletas no Brasil, posição de liderança que ocupa até os dias de hoje, 34 anos depois. Não posso dizer que o modelo tupiniquim era uma musa em termos de beleza pois a importada era mais bonita, melhor acabada e ainda oferecia uma gama de cores bem mais generosa, mas como aquela era a nossa única opção de motocicleta de 125 cc, teríamos que nos acostumar na marra ao design meio estranho se comparado aos padrões das importadas. As primeiras que chegaram só eram oferecidas na cor laranja, somente mais tarde começou a vir também da cor azul, um fato bem curioso na história da Honda CG 125.

Além do design modesto e o acabamento espartano, a nova CG 125 trouxe duas novidade diferentes do que conhecíamos até então: A primeira foi o câmbio de quatro marchas derivado da Honda Dream, quatro marchas todas para baixo, sem ser rotativo, ou seja, o retorno ao ponto-morto era feito escalando-se as marchas em sentido inverso (para cima). Para facilitar a redução das marchas a Honda instalou uma alavanca de câmbio equipada com extensão para acionamento pelo calcanhar; avançavam-se as marchas com a ponta do pé e retornava-se com o calcanhar. Só em 1983 é que a CG 125 ganhou o câmbio de 5 marchas.

Nas primeiras saídas com a CG 125 não se podia cambiar instintivamente porque era comum engatar a primeira no sinal, esticar a marcha e no momento de passar para a segunda, puxar o pedal para cima onde era o neutro, esgoelando o motor numa aceleração vazia, o que provocava baita vergonha pela barbeiragem.

A segunda mudança foi no posicionamento da chave de ignição que ao invés de estar no painel, foi deslocado para sob o tanque de combustível, no lado esquerdo, próximo às bengalas e trava de guidão. Era necessário deitar o corpo para o lado para poder visualizar o local de inserção da chave.

CG 125 Historia
A moto era muito boa, robusta, seus componentes eram feitos de material resistente, principalmente o motor que nunca quebrava, mesmo quando exigido além das suas especificações. Aos poucos a nova moto foi ganhando o respeito e confiança de seus proprietários, transformando-se no “fusca de duas rodas”, atendendo todo tipo de uso desde o lazer, locomoção, como também para o trabalho; foi imediatamente adotada pelos motociclistas que trabalhavam com moto-frete devido à sua economia de combustível e baixo custo de reposição de peças e manutenção.

Com seu motor monocilíndrico de 4 tempos, refrigerado a ar, que oferecia 11 cv a 9.000 RPM, chegava a aproximados 100 km/h de velocidade final e era o tipo de moto que preenchia as necessidades daquele momento da história quando os combustíveis eram caros e havia pouco dinheiro no bolso dos brasileiros. Essa receita de sucesso sofreu uma série de mudanças nesses anos desde o seu lançamento, mas não perdeu a sua personalidade e imagem de moto valente, econômica e confiável para enfrentar qualquer desafio.

Mesmo nos dias de hoje é a moto de 125 cc preferida dos brasileiros de todos os cantos, proporcionando profundas mudanças culturais ao invadir o campo como importante meio de trabalho e transporte – talvez o maior exemplo de impacto cultural podemos observar no nordeste do país, onde o jegue, tradição de transporte do nordestino desde a época do descobrimento do Brasil, foi irreversivelmente substituído pela motocicleta, pois ficou fácil financiar uma moto.

Primeira CG 125 Historia
Primeira CG 125 do Brasil
Difícil estimar a importância da história da CG 125 no desenvolvimento econômico do nosso país, mas podemos afirmar com muita segurança que seu papel foi relevante e merece destaque histórico. Foi ela também que abriu as portas a novos modelos Honda e cilindradas que rechearam nosso mercado de opções aos amantes do motociclismo, motivando Suzuki e Yamaha a desejar uma fatia maior do filão que é o mercado de motocicletas no Brasil, que passaram junto com a Honda a fabricar aqui, motos de cilindrada cada vez maiores, atendendo aos mais variados gostos e usos.

Só temos a agradecer à Honda pela sua visão e coragem quando decidiu montar uma das suas fábricas em nosso território, viabilizando o desenvolvimento de empresas fornecedoras de moto-peça, aprimorando a qualidade da nossa mão-de-obra e gerando riquezas que passaram a ficar aqui, ao invés de serem remetidas para o exterior.

A robustez e aceitação da CG 125 motivou a Honda a se aventurar em algumas derivações dela criando uma versão com motor a etanol, em fevereiro de 1981, fabricada somente neste ano – interessante que essa versão vinha com o câmbio tradicional de 5 marchas - e uma versão Cargo (1988) com apenas um banco largo e um enorme bagageiro. Mas esses assuntos vamos deixar para abordar em uma nova oportunidade.
Fonte: Mário Sérgio. FinanciarMoto.com.br, o melhor site para financiar uma moto zero!
Financiar Moto

Lista de Modelos de Motos Honda

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
Pensando em financiar moto Honda, ou apenas simular o financiamento? Antes disso escolha bem o modelo de moto Honda que mais lhe agrada, veja todos eles na lista abaixo.

Clique no modelo de moto Honda da sua escolha para ter mais informações!

Lista Motos HondaBiz 125 ES - Biz 125 ES - Biz 125 EX - Biz 125 KS - Biz 125 KS - Biz 125+

C 100 Biz - C 100 Biz ES - C 100 Biz+ - C 100 Dream

CB 1000R - CB 1300 F Superfour - CB 200 - CB 300 R - CB 350 - CB 400 - CB 400 Four - CB 400 II - CB 450 - CB 450 DX - CB 450 TR - CB 500 - CB 500 Four - CB 550 Four - CB 600 F Hornet - CB 650 Custom - CB 750 F - CB 750 F2 - CB 750 F5 - CB 750 K - CB 750 Street Fighter - CB 900 Bold`Or - CB 900 F Hornet 919 - CB-1000 Big One

CBR 1000 F - CBR 1000 RR - CBR 1000 RR Fire Blade - CBR 1000 RR Repsol - CBR 1100 XX Super Blackbird - CBR 250R - CBR 450 - CBR 450 SR - CBR 600 F - CBR 600 F3 - CBR 600 RR - CBR 600F - CBR 900 RR - CBR 900 RR Fire Blade - CBR 929 RR - CBR 954

CBX 1050 - CBX 150 Aero - CBX 200 Strada - CBX 250 Twister - CBX 750 Four - CBX 750 Four Indy - CBX 750 R

CG 125 - CG 125 CARGO ES - CG 125 CARGO KS - CG 125 Cargo - CG 125 FAN - CG 125 FAN ES - CG 125 FAN KS - CG 125 Titan - CG 125 Titan - ES - CG 125 Titan - KS - CG 125 Titan - KSE - CG 125 Today

CG 150 FAN ESI - CG 150 FAN MIX ESDI - CG 150 FAN MIX ESI - CG 150 Job - CG 150 Sport - CG 150 TITAN MIX ESD - CG 150 TITAN MIX EX - CG 150 Titan KS - CG 150 Titan - ES - CG 150 Titan ESD - CG 150 Titan Mix -

CR 125 CR 250 - CR 80 - CR 85R -

CRF 150 R - CRF 230 - CRF 250 R - CRF 250 X - CRF 450 R - CRF 450 X

Dominator 650

FURY

Fourtrax Rancher

GL 1000

Gold Wing - Gold Wing 1800 GL

Helix

Lead

ML 125

Magna 750

NX 150 - NX 200 - NX 350 Sahara - NX 4 Falcon

NXR 125 Bros ES - NXR 125 Bros KS - NXR 150 BROS MIX ES - NXR 150 BROS MIX ESD - NXR 150 BROS MIX KS - NXR 150 Bros ES - NXR 150 Bros ESD - NXR 150 Bros KS Pop 100

RC 51 RVT 1000 - S 90 - SCV 100 Lead - ST 1100 Pan European - ST 1300 Pan European - ST 70

Shadow 600 VT C - Shadow 750 - Shadow VT 1100 - Shadow VT 1100 AC

Spacy - Sportrax - Super Hawk 1000

TRX 350 Fourtrax - TRX 420 Four Trax

Turuna 125

VFR 1200F - VFR 400 R

VTR 1000

VTX 1300 - VTX 1800 - VTX 1800 R

Valkyrie 1500 - Valkyrie 1800 Rune

Varadero XL 1000

XL 125 Duty - XL 125 S - XL 250 R - XL 350 - XL 650 Transalp - XL 700V Transalp

XLR 125 - XLR 125 Es

XLX 250 - XLX 350 R

XR 200 R - XR 250 R - XR 250 Tornado - XR 400 R - XR 600 R - XR 650 - XR 80

XRE 300

XRV 650 Africa Twin - XRV 750 Africa Twin.

Agora que você já sabe quais motos Honda pode financiar, use um simulador de financiamento nos links do nosso site. Até mais!
Financiar Moto

Quem mais comprou moto em 2011

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
Quem mais impulsionou o mercado brasileiro de crédito nos últimos quatro anos foi o jovem de periferia. Ele buscou linhas de financiamento para a compra de carro ou moto financiada e foi um usuário frequente de cartão de crédito.

Essa é a principal constatação de um estudo feito pela Serasa Experian a partir de uma amostra de 1,4 milhão as consultas de consumidores, identificados pelo Cadastro de Pessoa Física (CPF) para obter financiamento em 121 instituições financeiras espalhadas pelo País.
O grupo Periferia Jovem foi o que mais ampliou a procura por crédito no período analisado e respondeu pela maior parte das consultas recebidas pelas instituições financeiras em 2011, observa Luiz Rabi, gerente de Indicadores de Mercado da Serasa Experian e responsável pelo estudo para financiar motos.
Venda motosEsse grupo de consumidores liderou o ranking de consultas para obter financiamento para compra de motocicletas, com participação de 25,9%, e ficou no topo do segmento de cartões de crédito, respondendo por 25,6% das consultas. No segmento de consórcios, que envolve carros, motos e máquinas agrícolas, o grupo Periferia Jovem ficou na vice-liderança do ranking de consultas, com 23,6%. Nesse segmento, perdeu participação apenas para o grupo de consumidores do Brasil Rural, que foi outro pilar do crescimento do crédito nesses quatro anos.
O Periferia Jovem corresponde a quase 21% da população brasileira e inclui seis subgrupos, entre os quais estão jovens trabalhadores de baixa renda, trabalhadores com baixa qualificação, estudantes de periferia, jovens na informalidade, excluídos do sistema e famílias assistidas da periferia. O grupo Brasil Rural representa 16,05% da população do País e abrange sete subgrupos.
Motos. Na análise do consultor independente da área de veículos, José Eduardo Favaretto, o aumento da procura por crédito pelos jovens de periferia está voltado para compra de motos, já que a fatia dos carros populares nas vendas totais está diminuindo.
Em contrapartida, as vendas de motocicletas novas e 'populares', com motor de até 150 centímetros cúbicos de cilindradas, representaram a maior parte dos volumes negociados. De janeiro a outubro de 2011, por exemplo, foram vendidas 1,557 milhão de motos populares que responderam por 88% do total de unidades comercializadas, informa a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).
'Essa motos são usadas pelo jovens das classes C, D e E que trabalham como motoboys ou para locomoção dessa população para ir ao trabalho, substituindo o ônibus', explica o diretor executivo da Abraciclo, Moacyr Alberto Paes.
Quer uma moto nova financiada? Simule seu financiamento nos links do site!
Fonte: Estadão
Financiar Moto

Nova Dafra Riva 150

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por

Riva 150 dafraEste modelo da Dafra chega ao mercado com preço baixo para você financiar: R$ 4.990, segundo a própria Dafra. É uma moto muito bonita que veio para brigar no segmento street (que já possui a Speed 150 e a Apache). O motor é de 150cc e potência de 12,1cv. Ela será disponibilizada nas cores preta, vermelha e pérola. A moto conta com uma lista de itens bem generosa, conforme diz a Dafra: "painel de instrumentos integrado à carenagem com conta-giros analógico central, indicador de marchas, faróis e luzes de direção, assim como display digital com hodômetro parcial e total, indicador do nível de combustível e reserva, luzes indicadoras de trocas do óleo programáveis e nível de carga da bateria. O escapamento tem acabamento na cor preta e protetor cromado para evitar a exposição do usuário a altas temperaturas. O modelo possui trava de capacete, pedaleiras do piloto e passageiro retráteis e ainda sensor de acionamento da embreagem interligado ao sistema de partida, o que evita a partida do motor com a moto engrenada. A Riva 150 já conta com diversos componentes nacionais, como chassi, espelhos retrovisores, pneus Pirelli City Demon".
Apesar disso, falta testar esta moto no trânsito, já que ao que parece esses 12 cavalos de potência seriam dignos de uma 125, e não de uma 150 como este modelo. Mesmo assim, seu preço de menos de cinco mil reais é bastante convidativo! Antes de comprar, faça um test-drive e simule o financiamento! Até a próxima!

Financiar Moto

Pneu de moto estoura e mulher cai

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por

pneu moto
Atenção amigos motociclistas, vamos ficar de olho no estado dos pneus das nossas motos! Não adianta nada ter uma moto financiada novinha se o pneu estiver careca!

Uma mulher ficou ferida após sofrer uma queda de moto. O acidente ocorreu entre Fátima do Sul e Dourados.

Ela seguia pela MS-376, em direção a Fátima do Sul, quando o pneu traseiro da motocicleta Honda NXR Bros  estourou e o casal foi arremessado em meio a uma plantação de soja a margem da rodovia.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima reclamava de dores torácicas e na perna esquerda.
A mulher foi encaminhada ao Hospital da Sias. O esposo dela, que não teve o nome revelado, saiu ileso.
Financiar Moto

Como financiar moto com salário baixo

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
-Posso financiar uma moto mesmo com um salário baixo, tipo, uns R$ 700,00?

financiar moto salario baixo
Essa moto pode ser sua!
Sim, você pode! Hoje você pode entrar em um financiamento com juros baixos e muitas parcelas para dividir. Você pode entrar nos links do site para simular o financiamento de sua moto zero ou usada. O importante é sempre prestar atenção no valor da parcela. Nunca comprometa mais do que 30% do seu salário na parcela do financiamento, pois além da moto você tem outras despesas, como alimentação, gasolina e impostos, não é mesmo? Por exemplo, se você quer comprar uma Honda Twister 2008 que custa R$7.500 à vista e você ganha uns R$ 700 por mês, se você dividir em 48 vezes com juros baixos você vai pagar abaixo de R$ 180 por mês a parcela, ou seja, menos de 30% do seu salário. Fácil, não? Sempre simule o financiamento e veja todas as formas de pagamento antes de fechar o negócio. Só assim você poderá sair com sua moto nova e acelerar sem se preocupar se conseguirá pagar ou não no fim do mês. Se você tiver alguma dúvida, comente! Até a próxima!
Financiar Moto

Cuidados com moto encostada na garagem

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
moto parada ferrugemMuita gente tem a moto como seu segundo veículo, usando ela apenas para diversão nos fins de semana ou férias. Se você está incluso na hipótese acima, e deixa sua linda moto financiada encostada na garagem pegando poeira, sempre fique atento em relação aos pontos a seguir:

  • Limpeza: depois de muito tempo parada, é bom dar uma lavagem geral na sua moto para tirar excesso de poeira e outras sujeiras, entre elas até teia de aranha.
  • Bateria: esse é um problema comum. As baterias de motos em geral não possuem uma boa durabilidade, sendo assim sempre que sua moto ficar parada por muito tempo, desconecte os cabos da bateria. Do contrário você terá que se endividar mais e financiar uma nova bateria!
  • Corrente: é errado usar graxa, pasta branca ou semelhantes para lubrificar a corrente, pois estes sempre acumulam poeira o que pode destruir o componente. Sempre lubrifique com produtos específicos para este fim. 
  • Pneus: sempre calibre os pneus antes de encostar a moto, para que estes não estejam demasiadamente vazios quando você for pega-la novamente.
  • Capa: tudo o que você ama tem roupas, então nada mais justo que arrumar uma "roupa" para a sua moto! Uma cobertura evita que uma boa parte da sujeira do ambiente grude na sua moto. 

Siga os passos acima e sua moto nova estará sempre pronta para o que der e vier! E se você ainda não tem moto, financie uma e seja feliz!

Novidades do Financiar Moto

Aprenda mais sobre motos