Financiar Moto

Motos Yamaha 2020 - preços e financiamento

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por

tenere-2020-yamaha
Você que deseja adquirir uma motocicleta Yamaha ou tem curiosidade em conhecer um pouco da história da empresa, chegou ao lugar certo. Neste artigo você vai ver as principais motos Yamaha 2020, conferir os preços, dicas de como financiar e, no decorrer do artigo, conhecer algumas curiosidades da história da Yamaha.

A grande novidade da Yamaha em 2020 é a remodelagem da Lander, a offroad de 250 cilindradas da marca japonesa. O design está mais moderno e ganhou freios ABS de série, tomando o lugar da Ténéré 250, que saiu de linha.

Porém, a linha Ténéré ganhou a 700 cilindradas, modelo bastante esperado para viajantes de longas distâncias e aventureiros mais ousados. O motor da Ténéré 700 é o mesmo da Yamaha MT-07. Vale lembrar que o modelo não chega em 2019 no Brasil, devendo ficar para 2020 o lançamento da Ténéré 700 por aqui. 

Você sabia? 

A Yamaha foi fundada em 1887 e até a Segunda Guerra Mundial fabricava apenas instrumentos musicais. Somente em 1954 a companhia produziu sua primeira motocicleta, a YA-1. O modelo ficou conhecido como “libélula vermelha”, porque era esguia e rápida como o inseto e, logicamente, tinha a cor vermelha. 

Interessante: O nome da empresa só passou a ser Yamaha em 1987, cerca de 32 anos atrás e 100 anos após a fundação. O nome original da companhia era Nippon Gakki Co.

Preços das Motos Yamaha 2020 no Brasil

Na categoria Street até 300 cilindradas, temos:

  • Crypton 115 cc preço: R$ 6.480
  • Factor 125 cc preço: R$ 7.390
  • Factor 150 cc preço: R$ 7.990
  • Fazer 150 cc preço: R$ 10.290
  • Fazer 250 cc preço: R$ 15.290
  • MT-03 300 cc preço: R$ 21.550
 Já a categoria Trail ou Offroad, até 300 cilindradas, temos os seguintes valores:

  • XTZ 125 cc E – R$ 8.800
  • XTZ 125 cc X – R$ 8.960
  • XTZ 150 cc Crosser – R$ 11.290
  • XTZ 250 cc Lander – R$ 15.290
  • XTZ 250 Ténéré – R$ 16.190
Esses são os modelos mais buscados de motos Yamaha no Brasil em 2020. Há ainda as motos de alta cilindrada, que possuem um valor muito mais alto e difícil para financiamento. Se você precisa financiar Yamaha em 2020, veja como fazer isso logo abaixo. 

Como financiar Yamaha 2020 facilmente

yamaha fazer 2020


Vamos abordar agora o que fazer para financiar uma moto corretamente, com maior facilidade e mais barato!

Se você ainda não conferiu o nosso post com Dicas de Financiamento de Moto, essa é a hora. Clique aqui e veja o artigo completo.

Para financiar uma moto com facilidade, é importante observar alguns pontos:

  • Analise bem o custo x benefício entre o consórcio e o financiamento. Se você pode esperar um pouco, o consórcio tem taxas mais baratas. Se tem urgência, parta pro financiamento.
  • Se for financiar, compara preço nas diferentes lojas, negocie peças de mostruário e não deixe de analisar qual banco lhe oferece juros menores.
  • Dê uma entrada o mais alta possível. Se puder, ofereça parte no cartão de crédito e se esforce por alguns meses para pagar o cartão. Quanto menor o valor financiado, menos juros serão cobrados.
Outra curiosidade sobre a Yamaha é a vasta gama de produtos que a companhia trabalha. Sendo hoje a maior fabricante de instrumentos musicais do mundo, a empresa também trabalha com equipamentos para audiovisual, informática, eletrodomésticos, móveis, robôs industriais e até artigos esportivos!

E temos as motocicletas, é claro. A Yamaha domina o mercado de motos Offroad, com os modelos Ténéré e Lander, perdendo para a Honda na categoria City, com a linha CG. A Yamaha também possui escolas de música espalhadas pelo mundo e fabrica motores para barcos.

Uma história e tanto, não? Esse artigo merece ser compartilhado! É grátis e ajuda bastante o nosso trabalho. Que tal?

Financiar Moto

Guia Completo - Financiamento de Motos

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
financiamento-de-motos-honda-guia-definitivoAntes de tudo, devo dizer que sou um motociclista apaixonado 💖 por motos, principalmente as da Honda, sou Hondeiro assumido. Mas independente da marca, as motos são mais do que veículos que nos levam do ponto A ao ponto B.

Elas são um estilo de vida, uma verdadeira paixão sobre duas rodas cujo número de admiradores só cresce a cada ano. E visando realizar o sonho de comprar sua moto zero elaborei este guia 100% gratuito, que vai te ensinar todas as dicas para tirar uma moto financiada da melhor maneira possível.

Você vai aprender tudo que sei sobre financeiras e montadoras, e vou te auxiliar a calcular o valor total do investimento usando nosso simulador de financiamento.

Como se trata de um guia definitivo e bem completo, decidi separa-lo em diversos tópicos de modo que seja mais fácil para uma consulta rápida. Vamos lá?

Financiamento de Motos - Índice

  1. Introdução
  2. Escolhendo a moto ideal
  3. Documentação
  4. Seu dinheiro
  5. Onde e como financiar uma moto
  6. Taxas de juro e tarifas
  7. Financiar sem entrada
  8. Custo de Manutenção da moto
  9. Dicas para Financiamento
  10. Simulador de Financiamento

#1 - Introdução

Se você chegou até aqui, é porque está buscando o máximo possível de informações para financiar sua moto. Aqui, trataremos especificamente desta forma de aquisição, que é o financiamento.

Se você deseja adquirir sua moto de outra forma, seja comprando-a à vista ou através de um consórcio de motos, te aconselho a ler os demais artigos que temos aqui no site, que são mais específicos. 

Nosso intuito com este guia definitivo é te ajudar a comprar a motocicleta correta para você pelo menor preço possível utilizando o financiamento. Vamos continuar e descobrir como tudo isso funciona? :)

#2 - Escolhendo a Moto ideal


Como dizem por aí, "quem não sabe o que comprar, acaba comprando qualquer coisa". Portanto, antes de entrar em um financiamento de motos, você precisar definir com muita certeza qual é a moto ideal para você. 

Com certeza você não vai comprar uma minimoto como da foto acima, mas será que você realmente precisa de uma CBR600? Repare que utilizei a palavra "precisa": querer é uma coisa, precisar é outra.

Lembre-se que se você está financiando, significa que hoje não tem todo o dinheiro necessário para comprar sua moto. Logo, você deve comprar algo que seja realmente necessário, e não bancar um sonho com um dinheiro que não é seu - no financiamento, a moto só será realmente sua quando você pagar todas as parcelas, falaremos mais sobre isso no capítulo sobre financiamento.

Portanto, defina suas prioridades! Você precisa da moto para trabalhar na cidade? Talvez uma CG 160 já seja o suficiente para você. Vai usar a moto mais tempo em estrada? Então uma moto com maior cilindrada como uma 250cc ou 300cc seja mais adequada para suas necessidades, te trazendo mais segurança e conforto.

O mais importante que posso passar, com todos meus anos de experiência em compra e venda de motos, é: compre a moto pensando em você, não nos outros! Afinal de contas, quem vai pagar a prestação no fim do mês é você, e não aquele seu "amigo" que diz"deu mole, podia ter pego uma 600".

Conheço dezenas de pessoas que quiserem bancar uma moto que não podiam manter (prestação + manutenção + ipva etc) e se endividaram muito, a ponto de ter que vender a moto para pagar as dívidas. Olhe sempre para seu bolso e escolha a moto ideal para você!

Veja algumas sugestões de acordo com o uso da moto que você vai financiar:

Motos para trabalhar

+ Mais baratas para comprar e para manter
+ Mais ágeis no trânsito urbano
+ Compra e venda mais rápida
- Na estrada podem ser mais instáveis e desconfortáveis

Modelos: Honda Biz, Honda CG, Yamaha Factor, Fazer 150 etc

Motos de uso misto

+ Ainda tem uma boa relação custo-benefício
+ Bom mercado de compra e venda
- Iniciantes podem ter dificuldade em guia-las
- Sua parcela mensal do financiamento será mais alta.

Modelos: Honda Cb Twister, NXR Bros, Yamaha Fazer 250, YZF R3 etc
[voltar ao índice]

#3 - Documentação

documentos para financiar uma moto
Financiar uma moto não é tão fácil e rápido como as propagandas passam para a gente. Na verdade, se um único documento da lista exigida pela financeira não estiver de acordo, seu financiamento não é aprovado, e essa ida e vinda de documentação é bastante estressante para quem vai tirar uma moto financiada. Portanto, preste muita atenção ao separar os documentos. 

Importante: sempre leve os originais com você, mesmo tendo cópias! 

A documentação exigida para entrar em um financiamento de motocicletas, geralmente, é a seguinte:

Cópia do RG/CPF 

Documento básico de identificação pessoal.  Confira se sua carteira de identidade possui seu número de CPF: se não tiver, leve também uma cópia do CPF. Você pode também usar sua Carteira de Habilitação.

E lembre-se: não precisa ser habilitado para financiar uma moto, você precisa ser habilitado para dirigir, não para compra-la.

Carteira de Trabalho 

Você emprestaria dinheiro para alguém que não trabalha? Pois é, os bancos e financeiras também não. Então você precisa comprovar renda, e no geral se faz isso com a Carteira de Trabalho. Lembre-se, você precisa de pelo menos três meses de carteira assinada para ter o crédito aprovado!

Algumas instituições também aceitam o histórico da sua movimentação bancária dos últimos meses, no caso de você trabalhar como freelancer/informal.

Comprovante de residência

Serve conta de luz, água, telefone ou qualquer outra que seja endereçada mensalmente para você. Lembrando que você precisa de pelo menos uma conta no seu nome. Para alguns bancos, não adianta a conta estar no nome de um parente seu, mesmo que você more na casa. 

E não adianta espernear e discutir, o dinheiro é do banco e ele determinada as regras, portanto, siga as regras do jogo. Caso você não tenha conta nenhuma no seu nome, converse com seu pai ou sua mãe (ou quem quer que more com você) para passar a conta de luz para seu nome, desse modo você não terá problema algum em relação a este documento.
[voltar ao índice]

#4 - Seu dinheiro

financiando moto sem muito dinheiro
Eis o grande motivo para tirar uma moto financiada: você precisa da moto, mas não tem todo o dinheiro para compra-la à vista. E isso acontece com grande parte da população, não se sinta sozinho! E só você sabe o quanto é difícil ter e guardar seu dinheiro, não é mesmo?

Então vamos ao que interessa: quanto mais dinheiro você tiver para dar de entrada, melhor. Simples assim. Quanto maior a entrada, menor o financiamento da moto, e menos juros você vai pagar ao banco ao longo dos anos.

Vamos falar disso mais à frente no capítulo sobre financiamento sem entrada.

A única hipótese em que vale a pena dar o mínimo de entrada e manter o dinheiro com você é para formar uma poupança de emergência. Explico: suponha que você não tem plano de saúde, sofre um acidente, e precisa fazer uma cirurgia urgente.

Se depender do SUS, você pode esperar na fila até morrer, portanto a melhor opção para sua vida é fazer no particular. E se você não tiver uma poupança para essas emergências? Você acha que o hospital vai esperar você vender a moto para pagar as contas? Não mesmo.

E ainda pode por seu nome no SPC e Serasa, e daí sabe o que vai acontecer com seu financiamento? Você pode perder sua moto para o banco. Acredite, isso acontece. Seria bem triste perder sua Honda ou Yamaha não é mesmo?

O aconselhável é sempre ter uma reserva para emergências. Nem todo mundo tem disciplina ou condições para fazer isso, mas na hora do sufoco, é esse dinheiro que vai te fazer dormir mais tranquilo.

Pense bastante antes de entrar no financiamento de moto e defina o melhor valor de entrada de acordo com sua realidade: uma escolhe errada pode trazer consequências bastante desagradáveis no futuro.
[voltar ao índice]

#5 - Onde e como financiar uma moto>

Moto Financiada é liberdade nas estradas
Muitas pessoas acreditam que para financiar uma moto sua única opção é o financiamento oferecido pela loja, mas isso não é verdade! O que te oferecem na concessionária nada mais é que um serviço bancário oferecido por um banco ou financeira.

A concessionária não financia nada, apenas ganha uma participação nos lucros que virão desse financiamento, ou seja, além de pagar o banco, você vai deixar um dinheiro com a loja.

Portanto, antes de fechar negócio na loja, procure outros bancos que estejam aptos a te oferecer um financiamento de veículos, a diferença na taxa de juros pode ser bem considerável. Vamos agora citar alguns dos bancos que oferecem financiamento para motos:

Banco Honda

Apesar de fazer parte do grupo Honda e ser amplamente oferecido nas concessionárias, saiba que o Banco Honda é um banco, ou seja, seu principal objetivo é emprestar dinheiro e cobrar juros para aumentar seu faturamento, a venda da moto é apenas um meio de conseguir isso.

Antes de achar que essa é a melhor opção, analise o contrato e anote as condições de pagamento (número de parcelas, entrada e taxa de juros ao mês).

#6 - Taxas de Juro e Tarifas

taxa de juros no financiamento de motos
Juros e tarifas: eis as duas palavras que vão definir o quanto de dinheiro você vai perder para o banco em troca de ter a moto rapidamente. Mas não se desespere! Entendendo bem como elas interferem no seu financiamento você ficará mais tranquilo, sem eventuais surpresas. 

Juros

Você não precisa ser um expert em matemática para entender o poder que os juros tem sobre o dinheiro, tanto para o bem, quanto para o mal. Normalmente os bancos e financeiras fazem propaganda informando que estão com juros baixos, com frases do tipo "apenas 1,99% ao mês".

Apesar de 1,99 parecer ser uma coisa pequena - como seria em uma das antigas lojas de R$ 1,99 - juros de 1,99% ao mês significam bem mais do que o número sugere, principalmente se o financiamento for bem longo - acima de 48x. 

Usando o nosso simulador de financiamento de motos, vamos simular uma situação hipotética: financiar uma linha de crédito de uma Honda no total de R$10.000 em 60 prestações, sem entrada e sem juros, ou seja, 0% de juros - novamente, isso não existe.

Nesse mundo perfeito, sua prestação mensal para comprar a moto seria de R$ 166,67. Agora mudando no simulador apenas a taxa de juros, para a "pequena" taxa de 1,99% que as montadoras e bancos anunciam, quanto ficaria a parcela mensal? Ela pula para inacreditáveis R$ 287,68, uma diferença de R$ 121 reais por mês que saem do seu bolso!

Percebeu como esse pequeno número 1,99% faz uma diferença danada? Portanto fique atento: a taxa de juros, por menor que possa parecer, nunca é pequena no seu bolso. 

Sempre negocie uma taxa de juros menor. Se não conseguir reduzir a taxa, tente reduzir o prazo do financiamento: inicialmente as parcelas ficam mais altas, mas no longo prazo você dará menos dinheiro ao banco e quitará sua moto mais rápido.

E falando sobre "sem juros", saiba que isso não existe: ninguém empresta dinheiro de graça, muito menos um banco, cujo objetivo principal é o lucro. Portanto, se uma financeira ou banco oferecer financiamento de motos "sem juros", saiba que vão lucrar em cima de você de alguma forma, e a principal forma de fazer isso é cobrando tarifas extras para iniciar o financiamento, como veremos a seguir.

Tarifas

"Tarifa" é um nome bonitinho que os bancos dão para "lucros extras". Quem nunca ouviu falar da famosa TAC, a Tarifa para Abertura de Crédito? Geralmente quando se faz um financiamento de motos, você é obrigado a pagar a TAC pois, segundo o banco, ele tem um custo administrativo com toda a papelada e tempo para analisar seu crédito.

Aqui, infelizmente, não há muito como fugir, pois é raro um banco abrir mão da cobrança da TAC. Fica o alerta para sempre ler o contrato que você vai assinar com o banco, e ficar atento a todas as tarifas que você terá que pagar durante o financiamento. 

Um outro caso que incide tarifas bem caras é quando anunciam o "financiamento sem juros", e como já vimos, não existe almoço grátis: o banco vai lucrar em cima do seu financiamento - vai aumentar as tarifas de abertura de crédito e pode inclusive criar outras tarifas no seu contrato para cobrir o custo dessa "bondade" de te oferecer um financiamento com "taxa zero".

Não se engane, sempre leia o contrato antes de assinar!

#7 - Financiamento sem entrada

financiamento-sem-entrada-enganacao
Em determinadas épocas do ano, seja por recessão da economia ou excesso de veículos nos pátios das montadoras, bancos e financeiras oferecem financiamento de moto sem entrada.

A princípio pode parecer uma ótima oportunidade, ter sua moto nova sem ter que colocar nenhum dinheiro seu logo de início.  Mas como você já leu anteriormente, o banco não é seu melhor amigo, ele quer lucrar.

E de que forma ele vai lucrar já que não irá pegar dinheiro algum de entrada? Simples: vai aumentar a taxa de juros. Vamos entender como isso funciona, para você não cair na conversa de que é sempre melhor vantagem para você.

Usando nosso simulador de financiamento, chegamos aos números abaixo:

Simulação: Comprar uma Bros 160

Sendo uma das motos mais financiadas do Brasil, juntamente com a CG 160, vamos utilizar uma NXR Bros neste exemplo. Considere que o valor estimado da moto para o financiamento será de R$ 10.500,00

Cenário 1: comprar a moto com entrada de 20% ( R$ 2.100,00 )

Pelo simples motivo de você estar dando uma entrada, o banco em contrapartida pode te oferecer condições melhores, como uma taxa de juros reduzida ou aumento o prazo para financiamento.

Entrada (20%): R$ 2100,00
Juros: 1.5% ao mês
Parcela: R$ 213,30 por mês
Total em 60 meses: R$ 14.898,00

Cenário 2: comprar a moto sem entrada ( R$ 0 )

Aqui o cenário muda. Como você não vai dar dinheiro de entrada, vamos simular que o banco vai aumentar sua taxa de juros em 0.4%, ou seja, vai ficar em 1.9%, ainda abaixo do número psicológico de 1.99%. Parece pouco, não é mesmo? Será? Vamos ver as contas:

Entrada (0%): R$ 0,00
Juros: 1.9% ao mês
Parcela: R$ 294,79 por mês
Total em 60 meses: R$ 17.687,40 😲

E aí, tomou um susto? Pois é. A sua parcela mensal aumentou cerca de R$ 80, e no final do financiamento você terá pago quase R$ 2.800 reais a mais ao banco para ter sua moto, e isso pelo simples fato de você não ter dado entrada.

E aqui estamos considerando que o banco vai aceitar o financiamento em 60 meses, o que geralmente não acontece. Se o prazo for menor, sua parcela mensal vai ficar bem maior, e talvez você não consiga pagar a prestação com seu salário.

Diante de tudo já exposto, uma coisa fica clara - o financiamento sem entrada é muito bom: para o banco. Por isso é muito importante você sempre dar a maior entrada possível quando for financiar sua moto, ok? Não acredite em toda a propaganda que você vê.

#8 - Custo de Manutenção da Moto


Eis uma situação comum: a pessoa decidiu qual modelo de moto quer, foi no banco e viu que a parcela mensal cabe no salário, afinal, se o salário é R$ 1200 e a prestação é R$ 400, dá para pagar tranquilo. Será?

Muita gente comete esse erro, principalmente pessoas que estão comprando sua primeira moto. Ao analisar apenas o valor da prestação, esquecem de todo o resto que é necessário para cuidar da moto e até mesmo para sobreviver: aluguel, IPTU, IPVA, conta de luz, telefone, supermercado, farmácia, educação, restaurante, gasolina, troca de óleo, manutenção da moto e muitos outros itens, a lista é quase infinita! 😪

Portanto, não analise apenas a prestação da aquisição da moto, considere também tudo que será necessário para mante-la, pois é a mais pura verdade aquela frase que diz "moto é como um filho: é lindo, mas tem que cuidar e é caro". Vamos elencar os principais custos para se manter a sua nova moto financiada:

  • IPVA e licenciamento anual - um mal necessário. Todos concordamos que o valor cobrado é um absurdo perto do retorno que temos.

    Mas, para não correr o risco da sua moto ser apreendida por falta de documentação, faça o correto: pague o imposto e ande com os documentos em dia.

    Veja também: As 5 motos mais caras do Brasil - e seus IPVAs
  • Combustível - por mais que as motos sejam mais econômicas que carros, ainda assim você deve considerar esse custo mensal, afinal, se você não tiver dinheiro sobrando nem para encher o tanque, você não deveria ter uma moto. É fácil fazer a conta para ter uma ideia de quanto você vai gastar por mês

    Suponha que vai usar sua moto da sua casa até o trabalho. Se você mora a 10km de distância, então por dia você vai rodar pelo menos 20km, para ir e para voltar. Se trabalha de segunda a sexta, serão 100km por semana.

    Uma CG, um dos modelos de moto mais econômicos do país, faz uma média de 40km/l na gasolina, e com a gasolina beirando os R$ 5,00 por litro, pode-se dizer que por semana você gasta R$ 12,50 de combustível. Se o mês tiver cinco semanas, serão R$ 62,50 por mês.

    E isso sem considerar o que você for rodar no fim de semana. Pode parecer pouco, mas tem muita gente que passa o final do mês sem esse dinheiro na conta.
  • Seguro - eis um item que cada vez mais tem sido adquirido pelos motociclistas. Infelizmente vivemos em centros urbanos nada seguros, e a bandidagem leva nossas motos mesmo, sem pestanejar. Se você tiver condições, invista em um seguro para sua moto.

    Imagine só como seria triste levarem sua moto e você ainda ter 55 prestações para quitar a moto roubada que não tinha seguro?

    Veja também: Tudo sobre seguro de Motos
  • Troca de Óleo - moto não é só colocar gasolina e rodar feito um vidaloka por aí. Sempre leia o manual da sua moto e veja de quanto em quanto tempo você deve fazer a troca de óleo.

    Lembre-se que trocar o óleo é muito mais barato do que ter que fazer um motor que está fumando. E importante: sempre que trocar o óleo, troque também o filtro de óleo! Um filtro sujo vai contaminar o óleo novo rapidamente, e você estará exposto aos riscos de quebra de motor.
  • Pneus - eles são um dos itens de segurança mais negligenciados por motociclistas, diariamente cansamos de ver motos rodando com pneus completamente carecas, pondo em risco sua vida e a de terceiros.

    Um pneu careca, além de não fazer curvas com segurança, demora muito mais para frear a moto e corre o risco de estourar. Imagine só o que é estar a 100km/h em uma estrada e seu pneu careca estoura? Melhor nem imaginar.

    Outra dica que dou é: nunca economize com pneus recauchutados: são tão perigosos quanto um pneu careca. Sempre que for comprar pneu, exija o selo do Inmetro, independente da marca que for comprar.

    Se não tiver o selo, não ponha sua vida em risco, procure outro pneu ou outra loja.
  • Elétrica - xiiiii, a moto não liga? Verifique se a bateria está ok, pois ela tem um tempo de vida. Geralmente a garantia não cobre troca de bateria depois de alguns meses de uso, ok?

    Você poderá ter que desembolsar entre R$ 50 a R$ 100 para comprar uma bateria nova para sua moto, se realmente tiver que troca-la. Antes de trocar, faça uma "chupeta" e verifique se o problema persiste.
  • Garantia de fábrica muita gente não se atenta que, para manter a garantia de fábrica, você deve obrigatoriamente fazer a manutenção da moto nas concessionárias da marca.

    Pode ter certeza que as trocas de óleo serão mais caras, mas é o preço que se paga pela tranquilidade que você terá caso um problema mais sério aconteça com a moto, já que a fábrica será a responsável pelo conserto.

    Se você usa a moto para trabalhar, considere manter a garantia de fábrica, afinal, a moto é o instrumento para você ganhar dinheiro.

Como você viu, são inúmeros os custos extras que sua moto pode gerar. O ideal é mensalmente você separar um dinheiro e criar uma reserva de emergência para eventuais problemas, afinal, ninguém quer ficar sem moto porque está sem dinheiro, certo? 🏍

#9 - Dicas para Financiamento de Motos

dicas de financiamento
Até aqui já passamos muita informação para te auxiliar na aquisição da sua nova moto financiada. Ainda assim, aqui vão algumas dicas que irão te ajudar na decisão do melhor financiamento para você:

Dica: Vá ao banco onde você possui conta.

Independente de qual banco você tenha conta corrente, geralmente este é o lugar onde você conseguirá as melhores taxas para financiamento pessoal.

Isso se dá pelo fato de que o banco já o conhece, sabe que você é um bom pagador (espera-se) e assim pode te oferecer menores taxas de juros.

Dica: Procure um gerente de relacionamento

Em geral, você pode solicitar financiamento nos caixas automáticos ou mesmo nos atendentes padrão (caixas). Dificilmente você conseguirá negociar a taxa de juros com estes, sendo assim, não perca tempo e procure atendimento com o gerente de relacionamento do banco para financiar sua moto.

Dica: Nunca aceite a primeira proposta de financiamento

Isso é fundamental: nunca, NUNCA aceite a primeira oferta do gerente, o banco sempre tem "gordura para queimar" com o cliente. Questione, diga que você já é cliente há algum tempo e espera que ele (o gerente) consiga melhores taxas para você.

Se ele for irredutível, diga que vai procurar outro banco onde consiga taxas melhores.

Dica: Analise se o pacote de serviços bancários será útil para você.

Como forma de conseguir uma taxa de juros menor para financiamento de motos, o banco pode solicitar que você contrate serviços adicionais, como um plano de previdência privada, investimentos automáticos, conta corrente com um pacote mais completo etc.

Analise bem se vale a pena adquirir todas essas coisas para ter uma queda na taxa de juros.

Para te ajudar, use o nosso simulador de financiamento do site. Vamos dar um exemplo:

Conta corrente com serviços bancários: R$ 60
Taxa de juros 1,4% 
Prestação Mensal da moto: R$ 240,00
Total: R$ 300,00

Conta corrente comum: R$ 40
Taxa de juros 1,6% 
Prestação Mensal da moto: R$ 270,00
Total: R$ 310,00

Como você pode ver acima, nesse caso, vale mais a pena pagar pelos serviços bancários extras, pois seu total no mês contando a prestação será dez reais menor.

Mas sempre analise caso a caso, pode ser que o gerente esteja querendo te passar a perna, cobrando por serviços bancários que sairão mais caros para você!

Dica: Nunca assine nada sem ler linha a linha

Você achou uma taxa legal e quer fechar o financiamento com o banco. Aqui está um exemplo do que muitas pessoas fazem. Simplesmente o gerente fala "é só assinar" aqui, e fica impacientemente esperando que você assine.

Fique calmo, você tem todo o tempo do mundo para ler. Investir cinco minutos lendo seu contrato é melhor do que perder horas no telefone tentando cancelar algo que você não queria e que estava escondido no meio do contrato.

Está sem tempo na hora? Peça para ele imprimir uma via e leve-a para a casa, para ler com calma. Não assine o contrato sob pressão do gerente!

Dica: Não agradou? Procure outros bancos!

Como nada na vida são regras fixas, pode ser que em outro banco onde você não possua conta existam melhores condições de financiamento para você pegar sua moto. Apesar de isso ser difícil, pode acontecer.

Portanto, pesquise bastante, afinal, você não está comprando uma camisa, e sim um item caro como uma moto, que pode custar dezenas de milhares de reais.

Dica: Prazo ideal de financiamento

Se você puder fazer um financiamento em menos tempo, sem que as prestações mensais te "enforquem", faça isso. Quanto mais tempo financiando, mais dinheiro você vai dar ao banco até quitar sua moto.

Cuidado ao ver apenas o valor da prestação, veja sempre o quanto você vai pagar no total. Você pode economizar milhares de reais fazendo isso!
[voltar ao índice]

#10 - Simulador de Financiamento de Motos

simulador de financiamento de motos honda
Se você leu todo o texto acima e chegou até aqui, parabéns! Você está no seleto grupo de pessoas que estudou este guia de financiamento e dificilmente será enganado quando financiar sua moto.

Espero que eu tenha te ajudado passando toda minha experiência, pois muita coisa aqui eu tive que aprender na marra, perdendo tempo e dinheiro para poder ganhar conhecimento, então fico feliz de ajudar você a ter sucesso no seu financiamento! 😊

Como uma última ferramenta de auxílio no financiamento da moto, criei o simulador abaixo. Basta você inserir o valor do financiamento, a taxa de juros que o banco ou financeira te passou, o número de parcelas e o percentual de entrada.

Dessa forma você pode comparar o quanto você vai pagar no total até ter sua moto quitada.

Faça diversas simulações: altere o prazo de pagamento, aumente a entrada, enfim, "brinque" com nosso simulador e veja quanto você vai pagar na sua moto nova. Se tiver alguma dúvida, deixe-a abaixo nos comentários! Um forte abraço, e sucesso!  

Motociclista Amigo, editor-chefe do FinanciarMoto.com.br
[voltar ao índice]
Financiar Moto

Motos Clássicas: Honda CB 440 S

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
Olá! Hoje daremos início a uma série de artigos que mostram a história de motocicletas antigas e clássicas que fizeram sucesso no Brasil.

E para começarmos nada melhor que uma moto muito especial da linha CB: a raríssima Honda CB 440 S. Na época muita gente duvidava da existência deste modelo exclusivo, mas sim, ela existiu, e vamos mostrar tudo que sabemos sobre ela.

classica-honda-cb-440-s-projeto-h
CB 440 S do Projeto H - rara e exclusiva

Honda CB 440 S - O Projeto

A CB 440 S não foi uma moto proveniente da linha de produção da Honda, mas sim um projeto totalmente personalizado desenvolvido no ínicio dos anos 1980 pela concessionária Honda Projeto H, situada na capital paulista.

E isso se deu devido a uma decisão do governo: desde 1976 a importação de motocicletas estava proibida, e restava aos consumidores apenas as opções da indústria nacional, que naquela época ainda não estava plenamente desenvolvida.

Eram poucas opções de motos 0km, mais ainda se tratando de motos de maior cilindrada. A moto mais potente a venda era a CB 400 de dois cilindros: tinha 40 cv a 9.500 rpm e 3,2 kgfm de torque a 8.000 rpm - ia de 0 a 100 km/h em cerca de 7 segundos e tinha a máxima de 160 km/h.

Partindo de uma CB 400, a concessionária Projeto H resolveu projetar uma variante mais potente e com um visual mais esportivo, e daí surgiu a única CB 440 S do mundo. É isso mesmo, a CB 440 foi um projeto 100% nacional, era vendida apenas aqui no Brasil, em 1983.

Honda CB 440 S - Motorização

A base para a montagem desse projeto foi uma CB 400 de 1983. Nela foi instalado um kit de pistões de maior medida - 5mm maior, o suficiente para elevar a cilindrada de 395cc para 447cc. Todas as peças foram importadas do Japão.

Novas bielas mais leves também foram instaladas. O cabeçote foi totalmente refeito, o que elevou a taxa de compressão para 9,8:1. Também foi incluído na CB440 um radiador de óleo para aguentar a pressão extra no motor.

Tudo isso aliado a novos giglês nos carburadores, fizeram a potência ter chegado a 46cv a 9.000 rpm e 3,8kgfm a 7.700 rpm. A aceleração de 0-100 caiu meio segundo e a máxima testada foi de 175km/h, um feito para a época.

Honda CB 440 S - Modificações na estrutura

Maior potência exige maior estabilidade. É por isso que o pessoal da Projeto H também mexeu nos amortecedores, que foram instalados com uma maior inclinação em relação ao novo braço oscilante, agora de alumínio.

A moto como um todo foi rebaixada, de modo a permitir uma maior estabilidade geral. O garfo na dianteira tinha regulagem pneumática, que poderia ser verificado através de um manômetro especial no quadro de instrumentos.

Discos de freios maiores também foram instalados (276mm), com sistema de duas pinças e dois pistões vindos da lendária CB 750.

Honda CB 440 S - Visual diferenciado

Além da potência, o visual precisava se diferenciar da CB 400 tradicional, afinal, os consumidores pagavam cerca de 50% a mais por esta CB 440 exclusiva. 

A cor vermelha predominava por toda a moto: chassis, rodas, molas, banco e tanque de combustível era vermelhos, e pequenos detalhes também não passavam despercebidos: os cabos de vela eram em um chamativo amarelo, mas de muito bom gosto. 

Além das cores, outras peças eram diferentes da CB de fábrica, como a rabeta, painel, laterais e paralamas: todas essas partes eram importadas da Honda 400 Hawk .

Honda CB 440 S - Ciclo de vida

Por ser um projeto inusitado e que vendeu bastante, a fábrica da Honda resolveu investir em uma CB de maior cilindrada: em 1984, apenas 1 ano após a CB 440 S ter estreado no mercado, foi lançada a Honda CB 450, que praticamente incorporou as melhorias realizadas pela equipe da Projeto H, o que pos um fim prematuro à CB 440 S. 

É inegável que o projeto de personalização foi espetacular e provou que o mercado precisava de motos melhores e mais potentes. Hoje o legado da CB 440 S fica na mão e na memória de pouquíssimas pessoas que tiveram acesso a este projeto tão especial.

Recentemente fãs do modelo começaram o trabalho de construção de uma réplica, você pode ver mais aqui neste link.

Honda CB 440 S - Fotos

classica-honda-cb-440-s-projeto-h



classica-honda-cb-440-s-projeto-h


classica-honda-cb-440-s-projeto-h


classica-honda-cb-440-s-projeto-h

Financiar Moto

Usando FGTS em Financiamento de Motos Caixa

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
Muitas pessoas perguntam se podem usar o FGTS da Caixa para comprar moto. Antes de responder essa pergunta, precisamos entender do que estamos falando:
financiamento moto fgts
Podemos financiar uma moto usando o FGTS?

O que é o FGTS?

O FGTS - Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - é um fundo bancário constituído de depósitos, sejam eles feitos em dinheiro, obrigatório, atrelado, que é feito pelo empregador para a conta de FGTS do trabalhador, a fim de criar uma espécie de poupança que poderá ser resgatada em qualquer uma das possibilidades previstas em lei. 

A cada ano, o FGTS equivale a um salário mensal, incidindo sobre ele juros e correção monetária. Ele é feito via Caixa Econômica Federal - CEF.

Posso usar FGTS para comprar moto?

Vejamos o que está previsto na Lei para saber se você pode comprar uma moto usando o FGTS da Caixa. Resumidamente, ele pode ser usado para: 

Demissões sem justa causa; Aposentadoria; Quando o trabalhador permanecer três anos ininterruptos a partir de 1º de junho de 1990, fora do regime do FGTS; Oferta de lance em consórcio de imóveis; Complementação da Carta de Crédito de Consórcio para aquisição de um imóvel de maior valor;  Amortização extraordinária ou liquidação de saldo devedor de consórcio de imóvel; Pagamento de parte das prestações de consórcio de imóvel.

Como podemos ver, nas modalidades acima previstas em lei o FGTS pode ser utilizado apenas para financiar imóveis.

O saque do FGTS foi autorizado. Posso comprar moto?

Conforme temos visto, o Governo tem autorizado o saque do FGTS para que a população possa quitar suas dívidas e para estimular o consumo.

Contudo, fica a critério de cada pessoa o que fazer com o dinheiro que sacou, portanto, sim, você pode comprar uma moto com o saque do FGTS.

Para financiar uma moto, procure seu banco para se informar sobre as melhores taxas, e veja também tudo que ensinamos em nosso simulador de financiamento de motos. Boa sorte!
Financiar Moto

Documentos para tirar uma moto financiada

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
Está precisando financiar uma moto e está com dúvidas? Agora você vai aprender quais os documentos necessários para tirar uma moto financiada sem complicações. Confira!

Lista de Documentos para financiamento de moto:

documentação financiar moto
  • Cópia do seu RG (carteira de identidade) 
  • Cópia do seu CPF
  • Carteira de Trabalho - lembre-se, você precisa de pelo menos três meses de carteira assinada!
  • Comprovante de residência
Lembrando que apenas maiores de dezoito anos podem financiar uma moto, ok? Ex: se você completou 18 anos hoje, hoje mesmo você já pode comprar sua Honda!

Quais documentos são comprovantes de residência?

  • contas de água, luz ou telefone (celular ou fixo);
  • contrato de aluguel com firma reconhecida em cartório;
  • contracheque emitido por órgão público;
  • demonstrativos enviados pelo INSS ou SRF;
  • boleto de cobrança de plano de saúde, condomínio, financiamento ou mensalidade escolar;
  • fatura de cartão de crédito;
  • extrato do FGTS enviado pelo Caixa Econômica Federal;
  • carnê de cobrança de IPTU ou IPVA
  • registro de Licenciamento de veículos;
  • multa de trânsito; (que tristeza kkkkkkk)

Com essa documentação consigo financiar uma moto? 

Sim, consegue. Basicamente é isso. Claro que a Honda (ou o outro banco ou financeira) vai analisar seu nome para ver se você foi negativado ("nome sujo") e também verificar sua renda. Cabe sempre a regra de que a parcela tem que ser de no máximo 30% do valor do seu salário.

Assim, se você ganha R$ 1.200,00 na carteira, você pode tirar uma moto cuja parcela mensal seja de até R$ 400,00 - que seria suficiente para financiar uma CG Titan em apenas 36x. Saiba mais aqui no nosso comparador de financiamentos.

Quero tirar uma moto sem dar entrada, tem como?

Depende. Em algumas épocas do ano, devido a inflação, economia ruim etc, as concessionárias fazem feirões com entrada zero, o que facilita bastante. Mas no geral, é pedido um valor de entrada de 10% para tirar a moto financiada.

Se você não tiver o dinheiro, espere um pouco e guarde essa grana... mas se não quiser esperar, por exemplo, se precisar da moto para trabalhar, a melhor opção é pegar um empréstimo pessoal para o dinheiro da entrada, aí assim você pode financiar.

Outra opção sem entrada é o consórcio, mas aí você depende da sorte para ser sorteado e ter as mãos na sua moto.

Agora que você já tem mais informações, escolha o modelo de moto perfeito para você e tire sua nova moto financiada!
Financiar Moto

Nova Bros 2020 - fotos, preço e financiamento

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
foto-nova-bros-2020
Esta é a nova Bros modelo 2020 - Imagem: reprodução
Um dos maiores sucessos no mercado de motocicletas financiadas do Brasil chegou a sua nova versão. Esta é a nova Honda NXR Bros 2020 de 160 cilindradas.

Como destaque das mudanças, a introdução de novos grafismos e novas cores, que dão uma revitalizada no projeto da Bros, a exemplo do que ocorreu com a nova Twister.

A moto continua com a mesma base do ano anterior, o que é uma notícia extremamente positiva, visto que a Bros sempre foi sucesso de críticas e vendas desde seu lançamento, e ainda mais com a inclusão do motor de 160 cilindradas.

Especula-se que a nova Bros terá um motor de 200cc. Se isso ocorrer, terá tudo para ser a líder do segmento. Mas vamos às novidades que temos hoje.

Detalhes da nova Bros 2020

A Bros, moto líder de vendas em seu segmento, chega na versão 2020 sem mudanças na parte estrutural ou de motorização: continua o bom motor monocilíndrico de 162,7 cm3, refrigerado a ar, de comando OHC apoiado em balancins roletados.

A potência máxima continua sendo de 14,7 cv a 8.500 rpm com torque máximo de 1,60 kgf.m a 5.500 rpm (ambos com etanol, com gasolina são 14,5 cv e 1,60 kgf.m, nas mesmas rotações).

Portanto, como novidades ficam as novas cores, que você pode ver abaixo nas fotos da nova Bros 2020. São as cores branca (acima), azul, laranja e vermelha. Você também pode ver outras fotos diretamente no site da Honda Bros.

Fotos da Bros 2020

Vejamos agora as fotos oficiais da Honda. Como de costume e cada vez mais tendência, as cores da Bros são fortes, chamativas, mas nem por isso deixam de ser bonitas. Inclusive, conferem um aspecto mais refinado em relação às demais concorrentes de outras marcas.

bros-2020-azul

A Bros 2020 azul se destacou, com um tom bastante profundo, e fica bastante requintada quando iluminada pelas luzes da cidade, oferecendo um tom de requinte na pintura.

bros-2020-laranja
Bros laranja ou abóbora leva a pensarmos em uma moto com pegada esportiva, sendo bastante chamativa quando o sol bate na sua pintura. Há quem não goste, eu particularmente acho linda!

bros-2020-vermelha

Já a Bros vermelha tem possui uma cor atemporal, digamos clássica, e é um sucesso de vendas. Se você se preocupa com a revenda da moto, na facilidade de vende-la no futuro, a cor vermelho é uma boa opção para os conservadores.

Preço da Bros 2020

Na linha atual, a Honda não alterou o preço da moto, sendo assim, hoje a Honda Bros continua com preço sugerido de R$ 12.250 na sua versão top de linha (ESDD), e de R$ 10.240 na versão de entrada.

Com a chegada da Bros 2020, especula-se que o valor terá um pequeno reajuste, mas nada demais, você poderá financiar a Bros com praticamente as mesmas condições de hoje.

Financiamento Bros 2020 

Usamos nosso simulador para obter o valor da parcela mensal que você teria que pagar no financiamento de uma moto Bros 160 2020. A taxa de juros usada no simulador foi de 1,5% (Banco Itaú), com uma entrada de 20% do valor da moto e pagamento em 48 meses. Confira os valores aproximados:

NXR Bros 160 2020 financiada: entrada de R$ 2.050,00 e 48 parcelas mensais de R$ 245,00
NXR Bros ESDD 160 2020 financiada: entrada de R$ 2.450,00 e 48 parcelas mensais de R$ 285,00

Bônus: a História da Honda

Até chegar à Bros 2020, houve muita evolução da Honda. Veja o vídeo abaixo e confira um pouco mais da história desta empresa fantástica:

video honda

Se você quiser aprender a financiar sua Bros 2020 sem ser enrolado, pagando o mínimo possível para o banco, confira nosso Guia Definitivo de Financiamento de Motos - é 100% gratuito.
Financiar Moto

Rodas de Liga Leve: vantagens e desvantagens desse acessório

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
liga leve motos
Famosas entre os apaixonados por estilo e velocidade, as rodas de liga leve não são itens apenas para satisfazer um gosto estético. Fácil de encontrar em qualquer loja de acessórios para veículos, as rodas de liga leve possuem também algumas vantagens para o condutor.

Está pensando em instalar essas rodas na sua moto, mas ainda tem dúvidas se vale a pena? Confira o artigo de hoje as vantagens e desvantagens deste item!

O que são as rodas de liga leve?

As rodas de liga leve nada mais são do que rodas com um material mais leve que o aço. Elas são fabricadas a partir do alumínio e do silício, metais que dão mais resistência e leveza para a roda.

O alumínio é responsável pela leveza, enquanto o silício torna a peça resistente.

Essas rodas ficaram famosas no mercado automotivo graças ao seu material maleável, que permite criar vários modelos diferentes, agradando o gosto dos motoristas.

Quais as vantagens das rodas de liga leve?

O maior motivo que os pilotos buscam esse item é que ele dá à moto um visual de esportividade, porém as rodas de liga leve podem beneficiar a magrela de outras maneiras.

As principais vantagens da liga leve, estão:
  • As rodas são realmente mais leves, em torno de 15% menos peso;
  • As rodas melhoram a dirigibilidade, pois reduzem a inércia e facilitam a realização de manobras;
  • A liga leve é um material mais maleável que permite produzir vários modelos de roda, ou seja, elas têm mais opção de design do que as rodas de aço;
  • Esse item gera menos barulho durante a condução já que o material é leve;
  • Estes acessórios consomem pouco combustível, pois as rodas mais leves precisam de menos esforço para se locomoverem;
  • O alumínio do material esquenta menos que o aço, portanto, o sistema de frenagem sofre menos desgaste.
Além de todos esses benefícios, motos com roda de liga leve têm seu preço valorizado em caso de revenda.

Apesar de não ser necessariamente pelo valor de precificação, esse item deixa a motocicleta mais bonita visualmente, o que pode aumentar o preço para venda.

Desvantagens da roda de liga leve

Como pontos negativos das rodas de liga leve, podemos citar:
  • Apesar de serem resistentes a grandes impactos, essas rodas são mais frágeis para danos superficiais;
  • No quesito preço, as rodas de liga leve não são tão acessíveis, podendo ser até 10 vezes mais caras que as tradicionais;
  • Ainda no preço, a manutenção desse equipamento também não é barata, pois o material em si é caro, consequentemente, caso seja necessário substituir também não sairá barato.
Vale lembrar que a liga leve é vulnerável a arranhões superficiais, portanto, se você desgastar as rodas, provavelmente terá que trocá-las com mais frequência do que faria com rodas convencionais.

fan-roda-liga-leve
Moto Honda com rodas de liga leve. Crédito: Youtube

Quais cuidados são necessários com as rodas de liga leve?

Antes mesmo de comprar sua roda, verifique o número de série e o selo de autenticidade dos acessórios, pois é muito comum encontrar rodas falsificadas. Isso pode ser identificado principalmente pelo preço muito baixo.

Para aumentar a durabilidade das suas rodas, você deve lavá-las e limpá-las a cada 2 semanas, sempre usando produtos não abrasivos e sem ácidos na composição.

Além disso, é indicado que a cada 3 meses se aplique uma camada de cera nos aros para manter o brilho e evitar que eles descasquem rápido.

Porém, em caso de batidas leves que causem arranhões, é indicado levar o veículo em uma loja especializada para fazer um conserto profissional.

Ainda tem alguma dúvida sobre as rodas de liga leve? Deixe seu comentário!
Financiar Moto

Aprenda a comprar moto no cartão de crédito

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
moto financiada no cartão de crédito
Moto no cartão é possível, veja como. Crédito: montagem Internet
Muita gente, por falta de costume ou de conhecimento, não sabe que sim, é possível financiar uma moto no cartão de crédito.

Acontece que estamos tão acostumados com as facilidades de financiamento ou consórcio de motos que muitas vezes deixamos para trás o óbvio.

Confira então esse guia de perguntas e respostas elaborado por nossa equipe tudo que é necessário para pode comprar sua próxima Honda no cartão:

Comprar uma moto no cartão - é possível?

Como já dito anteriormente, sim, você pode adquirir sua motoca direto no cartão de crédito que esteja em seu nome ou de um parente ou amigo.

Para isso o cartão deve ter um limite (o quanto pode ser gasto no total das compras) compatível com o valor da moto, ou pelo menos com o valor que você pretende financiar.

Por exemplo, se você quer comprar uma moto de R$ 8.000 o ideal é que o limite do seu cartão seja o mais próximo possível deste valor, assim você terá que dar uma entrada bem pequena para adquirir a moto.

Não tenho cartão de crédito, como faço?

A primeira coisa a fazer é buscar um cartão de crédito adequado para você.

Dê preferência aos cartões de crédito sem anuidade: desse modo você pagará apenas pelo que efetivamente usar.

Muitos bancos também oferecem cartões aos seus correntistas: converse com seu gerente sobre a possibilidade de obter um cartão sem anuidade, e diga que está pensando em comprar uma moto com esse novo cartão.

Eu por exemplo tenho um cartão sem anuidade que me dá um limite equivalente a 4x o salário. Você pode conseguir o seu abrindo uma conta no Banco Inter.

Tenho cartão mas meu limite é baixo. Como aumentar o limite?

Essa é uma pergunta que não tem uma resposta correta. Depende muito do seu perfil para as financeiras e bancos que detêm o cartão.

Como já disse acima, o Banco Inter me deu um bom limite, e assim pude comprar minha moto dividida em 12x no cartão diretamente com a loja.

Para aumentar seu limite, o ideal é sempre estar movimentando o cartão, ou seja, fazendo compras, assim eventualmente o banco vai te oferecer um limite maior para você gastar mais, afinal, é assim que o banco pode fazer dinheiro.

Posso comprar moto no cartão da conta corrente?

Não, infelizmente a opção de compra de motos parcelada no cartão funciona apenas em cartões de crédito.

Você só pode comprar sua moto no cartão da conta corrente se tiver todo o dinheiro para comprar a moto à vista.

Mas cuidado: se sua conta corrente tiver opção de 'cheque especial', você pagará muitos juros ao banco, bem mais caro que um financiamento de moto comum. Portanto, não faça isso!

Comprar moto no cartão paga juros?

Vai depender da loja de onde você está comprando a moto. O ideal é negociar para conseguir pagar no cartão sem juros, por exemplo, "quero pagar em 12x sem juros no cartão".

Se o lojista falar que não consegue, agradeça e diga que vai ver em outra loja: muito provavelmente ele vai voltar atrás e vai aceitar sua proposta para pagar sem juros no cartão, assim ele não perde a venda da sua moto.

Quanto custa uma moto no cartão de crédito?

Isso depende do modelo de moto e também do lojista. Pode ser que a loja "dê um desconto" para pagamentos a vista, e ofereça a moto parcelada no cartão um pouco mais cara, afinal, a loja paga para receber no cartão.

Se uma moto custa a vista R$ 9.000, o lojista pode te vender ela por 12 parcelas sem juros de R$ 800.00 - porém esse valor no final dá uma soma de R$ 9.600 reais, portanto, não é tão sem juros assim - tem seiscentos reais de diferença aí.

Moto no cartão é melhor que financiamento?

Novamente eu digo: depende. Sempre vale a pena estudar se realmente vale a pena um caso ou o outro.

As vantagens de comprar moto no cartão são:
  1. Sem burocracia - você aprova e sai com a moto na hora
  2. Resolve diretamente com a loja, sem bancos e contratos
  3. Acumula pontos no cartão para você trocar por viagens e produtos
E essas são as desvantagens de comprar moto no cartão:
  1. Limite de parcelas: no geral as lojas parcelam no máximo 12x no cartão
  2. Parcela mensal alta: você precisa ter um bom dinheiro todo mês para pagar 100% da fatura do cartão.
  3. Limite do cartão: se seu cartão não tiver um bom limite de crédito, você não vai conseguir pagar a moto.

Bônus: cuidado ao comprar moto no cartão!

Apesar de ser fácil, você precisa de muita disciplina para comprar uma moto no cartão de crédito.

E por que digo isso? Por que existe uma coisa chamada fatura.

Todo mês você precisa pagar a fatura do seu cartão de crédito, e o mais importante: você DEVE pagar o valor total da fatura.

Nunca pague o mínimo! Senão você vai entrar em uma bola de neve de juros que só aumentar e ficam praticamente impossíveis de ser pagos.

Vou repetir: pague sempre o valor inteiro da fatura, NUNCA o mínimo, ok?

Tendo este cuidado básico, você poderá comprar sua moto Honda ou Yamaha no cartão sem maiores problemas.

Espero ter ajudado você. Se tiver mais alguma dúvida, deixe nos comentários que respondo, ok? Abraços!
Financiar Moto

Febraban: mais de 72.000 motos financiadas no 1º trimestre, alta de 30%

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) anunciou em um levantamento que houve uma alta expressiva no número de financiamento de veículos no Brasil no primeiro trimestre deste ano.



Foram 838.765 veículos, dos quais 72.591 motos financiadas, uma alta expressiva de 30% em comparação ao mesmo período do ano passado.

As motocicletas financiadas também movimentaram bastante dinheiro: um aumento de 37% no valor do crédito aprovado em relação ao ano anterior. Ou seja, também estão sendo financiadas motos mais caras do que de costume.

O Levantamento da Febraban também revelou que o maior aumento no número de contratos é justamente o de pessoas que tem uma renda melhor, entre 6 e 10 salários mínimos, alto em torno de R$ 6.000 e R$ 10.000.

Segundo um dos diretores da Febraban, Leandro Vilain, “Os números mostram que o bom desempenho do segmento automotivo nas vendas a pessoas físicas em 2019 teve forte sustentação no crédito bancário”

Mas tirando o fato de motos mais caras estarem sendo financiadas, será que realmente estamos vivendo um período de crise? 

Ou será que a necessidade por trabalho (motoboys) e deslocamento diário ágil e barato via motocicletas estão obrigando um maior número de pessoas a buscar o financiamento?

A verdade é que o transporte está cada dia mais caro. E se você trabalha com isso, saber calcular seu custo é essencial. Se você quiser aprender mais, veja este curso gratuito sobre cálculo de custo e preços do transporte, e saia na frente.

Mas voltando a financiamento, o importante é SEMPRE estudar bastante antes de assinar seu contrato de financiamento. E para obter mais notícias, visite o nosso parceiro de notícias neste link.

Quero financiar uma moto, o que devo fazer?

Aqui no Financiar Moto temos diversos simuladores para que você possa ter certeza de que está fazendo um negócio decente, e que não está sendo enrolado pelo gerente do banco.

NUNCA assine um contrato sem antes lê-lo algumas vezes: os pequenos detalhes estão nas letras miúdas. E não tenha pressa: o gerente fará de tudo para que você corra para assinar o contrato, mas o tempo é seu. Vá com calma.



Se tiver dúvidas, envie uma mensagem nos comentários: estamos aqui para ajudar as pessoas a fazer o melhor financiamento possível.
Financiar Moto

Elite Motos 2 - Como dar grau e como baixar o jogo

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
elite-motos-como-dar-grau
O Elite Motos 2 é a nova versão do Elite Motos, um jogo de motos brasileiras e com cenário inteiro inspirado na realidade nacional. É possível dar fuga na polícia, que é caracterizada com um skin da ROTA de São Paulo, muito legal. Claro que tudo não passa de uma brincadeira. Aprenda como baixar Elite Motos 2, como dar grau e muito mais!

O jogo desenvolvido 100% no Brasil está reformulado e com novas funcionalidades. O principal objetivo do jogo e trabalhar como motoboy para ter dinheiro para comprar e equipar as motocicletas, mas a diversão fica ainda melhor quando você está pilotando nas ruas e pode realizar várias manobras.

Como baixar o Elite Motos 2

 O jogo está disponível para celulares Android e ainda não é possível baixá-lo em aparelhos Apple, com sistema iOS. Se você tem um celular ou tablet Android, basta ir até a Google Play Store e procurar o jogo. O desenvolvedor é o Souza Games.

A nota do aplicativo na loja do Google é muito boa, atualmente está em 4,2 estrelas de um total de 5 estrelas. Existem muitas resenhas positivas de um total de quase 10 mil votos, o que demonstra que o jogo é agradável e que o Elite Motos 2 é bom e funciona.

O jogo conta com radares, polícia, carros nacionais e personagens bastante comuns nas ruas brasileiras, o que dá um extra de realidade ao game.

Como jogar Elite Motos 2

elite-motos-jogo-baixar


O Jogo possui um mapa no canto superior esquerdo, onde é possível visualizar os pontos onde há dinheiro disponível. Para recebê-lo, basta ir até o ponto, aceitar a entrega e conclui-la.

É possível comprar outros itens além das motos, como comida, roupas etc. Há algumas missões disponíveis para você cumprir e receber moedas também.
  

Como dar Grau no Elite Motos 2

Uma das principais manobras que os motociclistas costumar ser entusiastas, dentro e fora do jogo, é o famoso grau, ou seja, empinar a moto. Como dar grau no Elite Motos 2?

Para empinar a moto no jogo é bem simples. Você terá um botão na tela, do lado esquerdo, com o desenho de uma moto empinada. Basta pressionar esse botão com a moto andando, mas lembre-se que o grau só permanece enquanto estiver com o botão pressionado. 

Motos no Jogo Elite Motos 2

Você inicia com 10 mil dinheiros e só pode comprar a Honda Pop e a Honda Biz, pois é o que cabe no orçamento. Ao longo do jogo, você deve ganhar dinheiro e evitar as multas. Assim, conforme você aumenta sua conta, poderá optar entre as seguintes motos que tem no Elite Motos 2:

  • Honda Pop
  • Honda Biz
  • Yamaha Factor 125
  • Yamaha Fazer 250
  • Honda XRE 300

Ainda tem BMW, Hornet e muito mais. Toda semana o desenvolvedor promete trazer uma nova moto para o jogo. Vale lembrar que é muito importante evitar as multas e que existem radares espalhados por toda a cidade. Cada multa consome seu dinheiro e atrapalha a compra de uma nova moto melhor.

elite-motos-como-ganhar-dinheiro


Por falar em infração de trânsito, tudo não passa de uma grande brincadeira, é um app de simulação, fantasia e diversão.

NA VIDA REAL, NÃO SE DEVE DESCUMPRIR AS LEIS DE TRÂNSITO, EMPINAR MOTO É PROIBIDO, NÃO SE DEVE FUGIR DA POLÍCIA E SEMPRE USE O CAPACETE E VESTIMENTAS ADEQUADAS.

Caso você goste de motos e esteja pensando em comprar uma na vida real, visite os nossos outros artigos. Nosso blog é focado em ajudar você a escolher e comprar moto financiada da melhor maneira possível.
Financiar Moto

Simulador Financiamento Moto Honda

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
Todo mundo que ama duas rodas pensa em financiar moto Honda. A história da empresa no Brasil teve início na década de 70, quando praticamente não existia mercado para motocicletas no País.
financiamento moto honda
Aqui você encontra informações para simular financiamento de moto. - Foto: Honda/divulgação
Com a fundação da Honda Motor do Brasil, em 1971, cresceu a importação de motocicletas e, dois anos depois, a venda estava consolida, com produtos automotivos de grande expressão no mercado.

As motos mais vendidas no Brasil são da Honda. Para cada dez motos vendidas no Brasil, oito são da Honda, ou seja, é o grande player do mercado automotivo de duas rodas.

Simular Financiamento Moto Honda

Hoje existem muitas opções de financiamento de moto, e aqui no site você pode simular quanto vai pagar nas parcelas (prestações) do seu financiamento Honda.

A Honda dispõe de vários modelos de motos, então antes de tudo você deve saber qual é a mais adequada para seu perfil.

Atualmente muitos recorrem ao financiamento Honda através de bancos ou pelo banco da fabricante de motos. No site do Banco Honda também é possível fazer uma simulação de financiamento.

A importância da taxa de juros no financiamento

Vale lembrar que um dos fatores mais importantes nessa simulação é a taxa de juros do financiamento.

É ela quem define o quanto um banco ou financeira receberá por te emprestar dinheiro.

E também é ela quem diz o quanto de dinheiro você pode perder por fazer o empréstimo.

Você pode verificar a taxa de juros oficial do Brasil no site do Banco Central, mantido pelo Governo Federal.

Quer dicas para financiar sua moto? Veja nosso Guia de Financiamento de Motos (100% gratuito) e saia de 0 km sem perder dinheiro!

Motos da Honda para Financiar

Os modelos de moto da Honda mais financiados são Honda CG 160 Titan, Honda Biz 125 e a Honda Bros 160.

Se você está pensando em comprar uma moto Honda financiada, mais abaixo te mostraremos como isso é possível, encaixando as parcelas de acordo com seu salário.

No site do Banco Honda existe um Simulador de Consórcio. Você pode visualizar a simulação com base em alguns planos de financiamento moto da Honda. Um se chama Plano Super Legal e o outro Plano Mega Fácil.

Você pode optar pelos planos de 12 vezes ou até no máximo 72 parcelas para financiar sua moto. O site é ruim de navegar para quem busca informações sobre como financiar uma moto Honda, por isso fizemos algumas simulações de financiamento que exporemos a seguir.

Simulador de Financiamento Honda

Financiar sua moto no Banco Honda

Simulamos a aquisição de três modelos: CG 160 Titan EX, NXR Bros 160 e Honda Biz 125. Dividimos em até 80 prestações, parcelas que cabem no bolso, fácil, fácil! Vamos simular o financiamento de moto:

Honda NXR Bros 160 2019 - sem entrada:

80 meses R$ 222,65
60 meses R$ 288,54
36 meses R$ 467,83

Honda Biz 125 2019 - sem entrada:

80 meses R$ 178,25
60 meses R$ 231,20
36 meses R$ 375,60

Honda CG 160 Titan 2019 - sem entrada:

80 meses R$ 191,25
60 meses R$ 247,85
36 meses R$ 402,96

Simulação - Financiamento Honda - Financeiras e Bancos

Nas simulações abaixo, todas realizadas usando o nosso simulador, utilizamos uma taxa de juros média adotada no mercado (cerca de 1.5% ao mês).

Lembre-se que esta taxa varia de acordo com seu perfil (idade, trabalho, localização etc) e também varia entre os bancos.

Honda NXR Bros 160 2019 - entrada de 20% mais parcelas mensais:

72 meses R$ 228,02
60 meses R$ 253,54
36 meses R$ 361,83

Honda Biz 125 2019  - entrada de 20% mais parcelas mensais:

72 meses R$ 173,90
60 meses R$ 192,20
36 meses R$ 274,60

Honda CG 160 Titan 2019 - entrada de 20% mais parcelas mensais:

72 meses R$ 191,72
60 meses R$ 213,85
36 meses R$ 303,96

Lembre-se: quanto for utilizar o simulador e também no banco / financeira, quanto menor o número de parcelas, menores os juros que você vai pagar no longo prazo, e isso faz uma boa diferença.

Dependendo do seu padrão de gastos mensais vale a pena se apertar mais e ter uma parcela do financiamento um pouco mais alta, mas no longo prazo você vai ter pago muito menos dinheiro ao banco.
financiar honda bros
Bros 160 é líder da sua categoria. Foto: Honda/divulgação

Vale a pena financiar a moto com uma financeira?

Se você precisa utilizar a moto para trabalhar, a resposta é sim, já que ela será sua fonte de renda.

De maneira geral, ao pegar dinheiro emprestado com financeira, você paga taxas de juros um pouco mais altas do que através de um banco ou consórcio, mas cada caso é um caso.

Analise com calma e faça muitas contas (e simulações) antes de assinar o contrato, afinal, você ficará anos com essas contas para pagar.

Se preferir, você também pode pesquisar como financiar moto com bancos neste link sobre os melhores bancos.

Consórcio de moto é melhor que financiamento?

Não existe melhor ou pior para todas as pessoas. Ambos os produtos tem uma finalidade, que é adquirir uma moto nova, mas para alguns indivíduos o financiamento, pelo fato de você já poder comprar a moto sem carência, é a melhor opção.

Outros, por poderem esperar o sorteio do consórcio, preferem este tipo de compra. Para saber mais, veja este guia sobre consórcio que preparamos para você.

Como financiar uma moto Honda em 7 passos.

  1. Tenha em mente qual é a melhor moto para seu bolso
  2. Junte todo o dinheiro que você pode dar de entrada
  3. Tenha em mãos toda a documentação necessária para o financiamento
  4. Descubra quanto custará financiar sua moto usando simulador de financiamento
  5. Vá até seu banco e converse pessoalmente com o gerente, negocie taxas de juro mais baixas
  6. Vá em outros bancos e leve as outras ofertas de financiamento
  7. Só após pesquisar muito entre os bancos assine a papelada para ter sua moto nova.
Se você quiser simular o financiamento de motos Honda do seu jeito, com suas próprias condições, não deixe de utilizar nosso simulador mais abaixo.

Visite também os links aqui do site, inclusive os que dão dicas de financiamento.
FinanciarMoto.com.br, o melhor site para financiar uma moto Honda zero!
Financiar Moto

A coisa mais estranha que você vai ver hoje

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
anao na moto pequena 

São tantas coisas estranhas nessa foto que fica difícil entender.

É um anão em uma moto para anões, ou ele apenas tem pernas super-gordinhas e a moto pareceu pequena? Ele é um anão gigante? Onde foi parar a cueca?! 😂

Comente abaixo as suas impressões sobre essa obra de arte que você viu hoje.


Financiar Moto

Suspensa exigência de aulas de habilitação de motos 50cc

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
cinquentinha 50cc carteira habilitação sem aulas carta
Cinquentinha 50cc é uma das mais financiadas
Finalmente uma notícia boa vinda do governo! O Contran publicou uma resolução, a 778, que muda a vida de quem comprou uma cinquentinha e está no processo de obter a ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotor.

Além de confirmar que não será mais preciso fazer aula em simuladores, também está dispensado de fazer aulas, ou seja, basta fazer as provas teóricas e práticas. A vigência será a partir do dia 17 de setembro deste ano.

Também segundo essa resolução, será reduzido o número de horas de aulas práticas para apenas 5 horas (sendo uma noturna). Isso vai valer a partir de 2020.

Outra novidade boa é que a pessoa poderá levar sua própria 50cc financiada para realizar as provas, ou seja, trará mais confiança para quem está buscando a autorização.

E você, já tem a ACC? O que achou da notícia? Comente!

Financiar Moto

Simule Financiamento Honda Biz 125 e 110

Financiamento moto Honda em até 80 parcelas com as melhores taxas. Simulador de financiamento de motos & consórcio para comprar moto 0km

por
Olá, amigos! A Honda do Brasil fez recentemente o lançamento da nova linha de uma das motos mais financiadas do Brasil, a nova Honda Biz 2020, que continuará tendo as suas variantes de 110cc e 125cc, sendo que este último torna a moto bem ágil no trânsito urbano, afinal, a Biz é bastante leve.


biz 125 financiamento simulador
Tudo sobre a Honda Biz e seu financiamento
A nova Biz é produzida na fábrica de Manaus e tem uma linha de produção dedicada, fruto de um investimento gigantesco da Honda no Brasil (fonte).

Está ansioso para comprar sua nova Biz, correto? Então vamos ao que interessa: tudo sobre como financiar a nova Honda Biz. 

Histórico da Honda Biz no Brasil

A Biz entrou no mercado nacional brasileiro no ano de 1997, já como modelo 1998. Ela é derivada do conceito japonês de motos CUB, sigla para Cheap Urban Bike, que em português significa "moto urbana barata".

E faz todo sentido: a Biz é uma moto feita para ser barata, mas no bom sentido: além de ser fácil de comprar uma Biz, ela tem manutenção bem em conta e também possui um excelente consumo baixo de combustível.

Desde o lançamento da Biz, que inovou por ter espaço sob o banco para guardar o capacete, até os dias de hoje, ela é uma das motos mais vendidas do Brasil, tanto pelo seu preço quanto por suas qualidades.

Honda Biz Preço

De agora em diantes vamos sempre diferenciar os modelos: a Biz de entrada possui o motor de 110cc, e a topo de linha tem o motor de 125cc, ok?

Lembrando que os valores abaixo são preços de tabela, diferente dos praticados nas concessionárias Honda.

Biz 125

A partir de R$ 9.930,00 (valor sem frete). Não inclui acessórios.

Biz 110i

A partir de R$ 8.025,00 (valor sem frete). Não inclui acessórios.
Fonte: website da montadora.

Mais a frente mostraremos o simulador de financiamento da Honda Biz. Mas antes disso, você sabe como financiar sem ser enganado? :)

Honda Biz Financiamento

painel digital honda biz
Honda Biz conta com painel digital bem iluminado.
Vamos simular o financiamento da nova Biz 2020. Faremos duas simulações para você: uma através de consórcio, e outra através de financiamento bancário.

Simulação Consórcio Biz:

No Super Consórcio Nacional da Honda você pode ser contemplado (receber a moto) a qualquer momento, e paga parcelas pequenas, e na maioria dos casos você não precisar dar entrada! Os valores e prestações aproximados são os abaixo:

Consórcio Honda Biz 125

  • Entrada zero, e 80 prestações de R$ 178,66 - apenas R$ 5,95 por dia. Valor do crédito: R$ 10.746 (a pagar em 6,5 anos)

Consórcio Honda Biz 110i

  • Entrada zero, e 80 prestações de R$ 145,29 - apenas R$ 4,84 por dia. Valor total: R$ 8.740 (a pagar em 6,5 anos)
Lembre-se sempre que no consórcio você não sai com a moto na hora, precisa ser sorteado nos meses em que estiver pagando, ou dar lances para aumentar as chances de ser contemplado.
No bagageiro da Honda Biz cabe muita coisa, inclusive o capacete.

Simulação Financiamento Biz

Agora se você possui dinheiro para dispor de uma boa entrada, com certeza a melhor opção no seu caso será fazer um financiamento de moto normal, em um banco ou financeira.

Somente dessa maneira você não precisa esperar os sorteios do consórcio para levar a Biz para casa, ou seja, neste financiamento você sai com a Honda Biz na hora, entendeu?

Pesquise bastante entre todos os bancos e financeiras, e procure os que possuem as menores taxas de juros para você pagar. Não aceite a primeira taxa de juros que te oferecerem.

Vamos simular então, sempre considerando que você vai dar 20% de entrada:

Simulação Financiamento Honda Biz 125

  • 20% de entrada + 36 prestações de R$ 295,20 - taxa de juros de 1,6% ao mês. Valor total: R$ 12.586,10 (a pagar em 3 anos)
  • 20% de entrada + 48 prestações de R$ 240,05 - taxa de juros de 1,6% ao mês. Valor total: R$ 13.522,40 (a pagar em 4 anos)
  • 20% de entrada + 72 prestações de R$ 182,10 - taxa de juros de 1,5% ao mês. Valor total: R$ 15.137,40 (a pagar em 6 anos)
Aqui vemos que quanto menos tempo de financiamento, menos você vai pagar no final. Mas em contra partida, sua prestação mensal será mais alta. Fique de olho se você pode arcar com isso!

Simulação Financiamento Honda Biz 110i

  • 20% de entrada + 36 prestações de R$ 235,20 - taxa de juros de 1,6% ao mês. Valor total: R$ 10.070,30 (a pagar em 3 anos)
  • 20% de entrada + 48 prestações de R$ 192,04 - taxa de juros de 1,6% ao mês. Valor total: R$ 10.817,40 (a pagar em 4 anos)
  • 20% de entrada + 72 prestações de R$ 145,97 - taxa de juros de 1,5% ao mês. Valor total: R$ 12.109,84 (a pagar em 6 anos)
O mesmo vale para o financiamento da Biz 110: parcelas menores e mais tempo de financiamento significa pagar um valor maior no final.

Agora que você já sabe quanto custa financiar uma Biz é só pensar bastante se você precisa da moto hoje (financiamento bancário) ou se pode aguardar alguns meses para ter a moto (consórcio).

Fotos Honda Biz

Veja em detalhes as cores e características da Biz. Fonte das imagens: Divulgação/Honda Brasil.

foto honda biz cinza
Biz 125 Preta

foto honda biz branca creme
Biz 125 Branco Pérola / Creme

foto honda biz vermelha
Biz 125 Vermelha

foto honda biz prata
Biz 125 Prata

Perguntas e Respostas sobre a Honda Biz

Qual o consumo da Honda Biz em Km/l?

A Honda Biz 125 faz aproximadamente 45 km/l, e a versão Biz 110i faz impressionantes 47 km/l com gasolina (média entre cidade e estrada).

Qual o peso da Honda Biz?

A Biz é bem leve: pesa apenas 97 quilos na versão 110i, o que corresponde a três quilos a menos que na versão 125.

É difícil pilotar uma Honda Biz?

Pelo contrário! Pelo fato de você ficar numa posição bastante confortável, sentado, e ter uma baixa altura em relação ao solo, a Biz é uma das motos mais fáceis para se pilotar, sendo indicada também para principiantes.

Posso levar carona na garupa da Honda Biz?

Sim, você pode levar um passageiro junto com você na Honda Biz, lembrando que com o peso extra a moto terá mais dificuldades nas acelerações e subidas muito íngremes, fique atento.

Posso pegar estrada com a Honda Biz?

Poder pode, mas vale lembrar que a Biz é uma moto mais adequada para uso urbano. Na estrada você ficará sujeito aos perigos das rodovias, tais como caminhões passando por você em alta velocidade.

Como a Biz é leve, ela pode ficar instável com qualquer deslocamento de ar. Pilote com muito cuidado, e não force ultrapassagens!

O bagageiro da Honda Biz é grande?

Sim, é o maior da categoria, sendo possível até mesmo guardar seu capacete.

farol honda biz
Conjunto ótico de faróis da Honda Biz traz estilo moderno e arrojado.
É isso aí, gente. Espero que as informações do FinanciarMoto tenham te ajudado para comprar sua moto. Boa escolha, e curta sua nova Honda Biz! É mais moto!

Novidades do Financiar Moto

Aprenda mais sobre motos